Wifi Ralph: quais informações sobre internet são verdadeiras no filme?

Confira cinco informações que aparecem em Wifi Ralph e são absolutamente relacionáveis com o que conhecemos da internet atualmente.

11/01/2019 às 14:00

No filme WiFi Ralph: Quebrando a Internet, recém-lançada sequência de Detona Ralph (Wreck-It Ralph), o famoso vilão do jogo Conserta Felix Jr. e Vanellope saem dos fliperamas em direção ao universo desconhecido da internet.

Chegando lá, ambos se deparam com uma cidade de aspecto holográfico, onde o Google é uma versão ansiosa do Yoda (Star Wars), empresas como Amazon e eBay são grandes lojas de varejo e o Instagram é uma galeria de arte gigantesca. Os usuários, por sua vez, são avatares que circulam em carros de um lugar ao outro em muitos megabits por segundo.

GIF de cena do filme Wifi Ralph.

Cidade “internet”do filme Wifi Ralph.

Essa foi a forma que Phil Johnston e Rich Moore, diretores da animação, encontraram para explicar o funcionamento da internet para que ela pudesse ser plausível dentro do contexto do filme. E o resultado é, no mínimo, encantador e cômico.

Isso porque, enquanto Ralph “navega” pela internet e lida com sua masculinidade tóxica, típica de um personagem dos anos 1980, quem está do outro lado da tela percebe diversos aspectos da Web, bem como de seu comportamento enquanto usuário que, até então, não eram visíveis aos olhos. E aí, a gargalhada é quase inevitável.

Abaixo, separamos cinco informações que aparecem em Wifi Ralph e são absolutamente relacionáveis com o que conhecemos da internet atualmente. Vamos lá?

Wi-Fi em locais públicos? Clique e confira!

5 informações sobre internet no Wifi Ralph

1-) Os anúncios estão por todo lugar

Em Wifi Ralph, os anúncios aparecem do nada, por vezes não fazem sentido e quase sempre são impertinentes. Ou seja, “e-x-a-t-a-m-e-n-t-e” como acontece enquanto estamos navegando na Web. Afinal, quem nunca se arrependeu de procurar algo depois de ficar dois meses recebendo anúncios quase que diariamente?

Imagem do filme Wifi Ralph.

Representação dos anúncios online no filme Wifi Ralph.

Mas, felizmente, também podem ser evitados, graças aos bloqueadores de anúncios que, no filme, são representados por seguranças. Na imagem abaixo, a menina representa o usuário, o segurança ocupa a posição de bloqueador e o menino verde, usando um boné, é o anúncio.

Imagem do filme Wifi Ralph.

Representação do bloqueador de anúncios no filme Wifi Ralph.

2-) Algoritmos têm muito poder

Wifi Ralph deixa isso claro através de Yesss, uma mulher forte, autônoma, extremamente perceptiva e independente. Ela representa o algoritmo do BuzzTube, uma plataforma de vídeo e, palavras nada técnicas, é ela quem decide que tipo de conteúdo as pessoas consumirão e o que vai bombar na internet. Ótima representação do algoritmo, não acha? Afinal, esses conjuntos de instruções complexas de fato decidem que tipo de conteúdo os usuários consomem na Web.

Representação de um algoritmo no filme Wifi Ralph.

Representação de um algoritmo no filme Wifi Ralph.

3-) A internet é dividida em bolhas

A internet é dividida em bolhas e Wifi Ralph confirma isso. São milhares de “comunidades” espalhadas por aí e frequentadas apenas por usuários que, de modo geral, possuem a mesma opinião sobre determinados assuntos. No filme, eles mencionam a bolha gamer e a dos amantes do universo Disney, mas certamente você pensou em outras enquanto lia este parágrafo.

Imagem do filme Wifi Ralph.

Representação das bolhas da internet no filme Wifi Ralph.

4-) Temos acesso apenas a uma camada da internet

Certamente você ouvir falar da Deep Web, aquela “área” da internet que não é popular; é acessada apenas por quem tem o mínimo de conhecimento de programação. No filme, ela aparece e ganha o nome de Dark Web. Conforme esperado, reúne todo o tipo de conteúdo, incluindo produtos ilícitos, como drogas, armas, etc.

Imagem do filme Wifi Ralph.

Dark Web é a representação da Deep Web no filme Wifi Ralph.

5-) Os comentários devem ser evitados

Ah, os comentários. Eles definitivamente devem ser evitados e o filme faz questão de reforçar essa pseudo-política da internet. Afinal, com frequência a “área de feedback” é terra de ninguém, solo fértil para conflitos e ofensas. Portanto, melhor evitar. Caso contrário, o que era para ser divertido se torna insuportável.

Imagem do filme Wifi Ralph.

Sala de comentários no filme Wifi Ralph.

Enfim, essas são apenas algumas das informações sobre internet que existem no filme Wifi Ralph. Para identificar outras referências, corra para o cinema. O filme está em cartaz desde 03 de janeiro de 2019. Até a próxima!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email