O que você precisa saber sobre o uso excessivo de internet

Descubra as consequências do uso excessivo de internet – e saiba o que fazer para tornar sua relação com seu celular muito mais saudável.

06/11/2018 às 14:00

Já parou para pensar em quanto tempo do seu dia você gasta diante do computador ou da tela do smartphone? A preocupação sobre o uso excessivo de internet é real. De acordo com a pesquisa We are social – Digital report 2018, publicado pelo sistema americano Hootsuite, 66% dos brasileiros (139 milhões) têm acesso a internet.

O número considerado alto, para um país em desenvolvimento, tem como principal motivador os smartphones, que democratizaram o uso da internet e das redes sociais. Não à toa, a mesma pesquisa mostra que a média de usuários ativos nas redes sociais cresceu 7% entre janeiro de 2017 e deste ano.

Pesquisa mostra dados brasileiros sobre acesso a internet.

No mesmo período, a média de usuários mobile aumentou em 9%, o que significa mais de 10 milhões de pessoas. Como resultado disso, o brasileiro passa 9 horas por dia na internet. Estamos sempre checando o celular. Seja para conferir informações do trabalho, da escola, para interagir com amigos ou apenas nos divertir com joguinhos, redes sociais, assistir filmes ou séries.

A democratização do uso da internet, das redes sociais e de estarmos sempre conectado não necessariamente é algo ruim. No entanto, precisamos ficar atentos, para o fato de estarmos ou não abrindo mão de algo por passar tanto tempo no mundo virtual. Essa é a reflexão que precisamos fazer.

É claro, que não se trata de simplesmente deixar de usar o celular. Até porque o smartphone é uma ferramenta indispensável no dia-a-dia. No entanto, existem algumas medidas que podem ser tomadas para que você tenha um uso mais saudável dessa ferramenta.

A seguir, trazemos alguns dados e informações sobre o uso excessivo da internet. E apresentamos algumas dicas de como tornar mais saudável a sua rotina de conexão.

5. Medo de não olhar o celular: Nomofobia

Tudo que você precisa saber sobre o uso excessivo de internet.

A internet tem feito você de refém?

Você já sentiu uma certa ansiedade ao se ver longe do celular? Fica muito nervoso se posta uma foto e não pode ver se os likes estão vindo? Cuidado, isso pode ser Nomofobia.

Nomofobia é um transtorno psicológico recente, fruto de como hoje a sociedade encara o celular. O termo vem do inglês, uma sigla para “no mobile phobia”, algo como “medo de ficar sem o celular” em português.

Assim, a Nomofobia decorre do uso abusivo de celular que, quando em falta, gera o transtorno. Com ele, vem a ansiedade mórbida, tremores corporais e até depressão. Desse modo, o excesso não tem relação com o tempo que a pessoa fica na internet, mas com as consequências que a ocasional falta dela acarreta em sua vida.

Desse modo, é preciso ficar atento não só para o tempo que você passa diante do seu celular. Mas também para como se sente ao ter que deixá-lo de lado por algumas horas.

4. Conheça a “Ansiedade de informação”

Entre os danos que o uso excessivo de internet pode trazer à saúde, a dita “ansiedade de informação” é um dos mais recorrentes.

O termo é relativamente novo, criado a cerca de dez anos pelo norte-americano Richard Saul Wurman. Segundo o estudioso, esse transtorno tem como causa a avalanche de informações que recebemos diariamente. São tantas informações, que não damos conta de entendê-las ou selecioná-las, o que causa ansiedade.

Tudo que você precisa saber sobre o uso excessivo de internet.

Você fica ansioso de estar perdendo algo se fica longe do celular?

Desse modo, a ansiedade de informação pode ser vista como a lacuna que fica entre tudo o que você acha que deveria saber e o que realmente é capaz de compreender. O transtorno pode causar mudanças repentinas de humor, má alimentação e até sedentarismo.

3. Atenção para o uso excessivo de internet entre crianças

Você já deve ter visto a cena: em uma festa infantil, crianças isoladas mexendo no celular, ao invés de estarem brincando umas com as outras. É uma cena bem comum nos dias de hoje.

Se trata de um comportamento cada vez mais recorrente entre as crianças. Algo que, como em quase tudo na educação infantil, reflete o exemplo que os pequenos recebem dos pais.

E se entre adultos o uso excessivo de internet pode acarretar danos à saúde, para as crianças o panorama não é muito diferente. Para os pequenos, usar demais a internet pode interferir no desenvolvimento emocional, acarretando em transtornos que podem ir até a fase adulta.

Desse modo, é importante sempre monitorar o uso de internet entre as crianças. Incentivar outras atividades que não dependam do celular, como passeios e brincadeiras, também é uma boa opção.

2. Como medir o uso excessivo de internet?

É importante deixar claro que a linha que separa o uso de internet do excesso é muito tênue. Ou seja, mesmo que se use muito o celular, isso não necessariamente caracteriza como vício.

Para ajudar a entender melhor, existe um conjunto de cinco critérios que deve ser observado para avaliar se o uso da internet está sendo excessivo ou não.

Tudo que você precisa saber sobre o uso excessivo de internet.

Fique atento para os hábitos que denunciam o uso excessivo de internet.

Para começar, deve-se medir quão importante o celular é em sua vida para trazer a sensação de refúgio de prazer ou segurança. Você só se sente seguro com ele? O aparelho é o único momento de lazer que você tem?

O ponto seguinte é observar o grau de relevância da internet na sua vida. Você fica na internet o tempo todo, mesmo durante outras atividades, como ir ao banheiro, ao banho ou na cama?

O terceiro ponto é ver se você fica tranquilo em permanecer em ambientes sem internet. Isso é um problema muito grande para você? No quarto critério, temos os resultados da “abstinência” de celular: te faz muito mal ficar sem internet por alguns minutos ou horas?

Por fim, o último ponto diz respeito aos conflitos que o celular causa na vida real. Você já precisou brigar com amigos ou familiares por receber reclamações de excesso de internet na sua vida?

Se o alarme ficou vermelho para mais de um desses critérios, vale prestar atenção na sua rotina. Pode ser que você esteja usando o celular em excesso.

Você sabia que o Facebook e o Instagram também estão de olho no tempo que você gasta nas redes sociais? Veja aqui como isso funciona.

1. O que fazer para evitar o uso excessivo de celular?

Tudo que você precisa saber sobre o uso excessivo de internet.

O que fazer para ter uma relação saudável com a internet?

Para não sofrer com o uso excessivo de internet, a principal recomendação é usá-la com moderação. Desse modo, ainda que o aparelho seja essencial no trabalho ou outras atividades, é importante limitar seu uso de modo a não interferir negativamente em sua vida.

Assim, é importante ficar pelo menos uma hora por dia longe do celular, além de desabilitar notificações de redes sociais e serviço de e-mail. No entanto, se você não pode deixar o celular de lado por horas, ainda há saída. Tente se desligar dele por 10 ou 15 minutos, pelo menos, entre uma atividade e outra. Tome um café, converse com alguém pessoalmente ou apenas descanse.

Além disso, é fundamental criar uma rotina que inclua atividades onde o celular não seja a peça-chave. Atividades ao ar-livre, encontros presenciais com outras pessoas, novos hobbies, tudo isso são exemplos do que pode te ajudar.

Por fim, é importante focar nos seus amigos reais. Para além dos contatos na internet, procure buscar apoio e estabelecer diferentes níveis de relacionamento. Amigos para conversar, para ver um filme juntos, para desabafar ou apenas para ficar por perto. Relações assim ajudam a gente a sair do virtual e ver a vida lá fora com outros olhos.

Portanto, essas são apenas algumas dicas para termos uma relação mais saudável com a internet. Escolha uma ou mais opções. Veja o que mais funciona com você! E continue com a gente, aqui no Vivo Tech, para mais conteúdo sobre esse assunto.

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email