Um novo aliado para um problema antigo: Google ajuda a diagnosticar depressão

Se você procurar por “depressão clínica” no Google através do celular, será levado para uma página com um questionário e informações sobre a doença. Nos EUA a depressão se tornou uma epidemia de solidão e desconexão social.

04/10/2017 às 15:24

O objetivo é ajudar as pessoas a entender se precisam de uma avaliação pessoal com um médico, para dar sequência a um tratamento efetivo. Através do questionário PHQ-9 são respondidas perguntas do tipo “Você tem problemas para se concentrar em algumas tarefas?” ou “Você tem pouco interesse ou prazer em fazer algumas tarefas?”.

Depressão clínica

Profissionais de saúde mental geralmente se referem ao transtorno depressivo como “depressão clinicamente significativa” ou “depressão clínica”. A depressão clínica é uma condição tratável que afeta muitos aspectos da vida da pessoa, e o PHQ-9 pode ser o primeiro passo para obter um diagnóstico adequado.

Estima-se que um em cada cinco americanos passe por um episódio depressivo durante a vida, mas desse grupo, apenas metade procura tratamento. Além disso, as estatísticas mostram que a maioria das pessoas espera de seis a oito anos após o início dos sintomas antes de procurar tratamento. Tomar consciência da depressão pode ajudar a ter um acesso mais rápido ao tratamento.

A ajuda do PHQ-9

A doença é um grande problema nos Estados Unidos, e parece piorar, talvez devido a algumas mudanças na estrutura social. Mesmo com todos os esforços do Google, é vital que as pessoas que respondem ao questionário tenham um plano para buscar ajuda de um profissional de saúde mental. O PHQ-9 é uma ferramenta muito eficaz para identificar sintomas depressivos, mas só funciona se houver cuidados reais.


Fonte: NBC News

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email