Triciclo é opção sustentável de transporte com o app Carona Verde

Para evitar o trânsito caótico da avenida Paulista, em São Paulo, o app Carona Verde oferece uma opção sustentável e prática: o triciclo. Veja como funciona!

18/10/2018 às 17:00

A avenida Paulista, em São Paulo, com seus quase três quilômetros de extensão, não para quase nunca. Quando não está fechada aos domingos para livre circulação de pedestres, a maior avenida da cidade recebe em média 3 mil carros nos horários de pico. Nessa competição frenética, um transporte inusitado tem disputado espaço com os automóveis: o triciclo.

Triciclo é uma nova modalidade de transporte em SP.

Avenida Paulista, em São Paulo: espaço democrático e agora um pouco mais sustentável.

É ele quem quebra a rotina monótona do vai e vem da avenida, por meio da iniciativa de Abelardo Burle, 76, e Marcelo Burle, 52, pai e filho.

A dupla lançou, em maio, o aplicativo Carona Verde, um serviço de carona que funciona de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 10h às 17h30, com dez triciclos. O usuário não paga nada. Todo o faturamento vem de anúncios publicitários e distribuição de cupons de descontos e ofertas dos comerciantes e prestadores de serviços da região.

Ficar livre de buzinas e engarrafamento a bordo de um triciclo em plena avenida Paulista soa como um oásis no deserto. Mas é possível. E bem fácil. Por meio do app o usuário localiza o Carona Verde mais próximo, em um raio de até 300 metros.

No momento em que o sinalizador estiver verde, significa que está livre. Aí basta selecionar o item “Solicitar carona”. Porém, se aparecer vermelho, significa que o triciclo está ocupado.

Triciclo é uma nova modalidade de transporte em SP.

Ações publicitárias ajudam a manter o Carona Verde em funcionamento. Na foto, triciclos a postos para receber usuários.

Logo depois que solicita, o usuário deve aguardar a confirmação do funcionário que pedala o veículo. Com o pedido aceito, o usuário recebe os dados do caronista. Isso inclui foto, nome e localização, e segue ao encontro na ciclovia central da avenida.

Então, basta subir no triciclo até o ponto desejado, que no momento apenas funciona na própria Paulista. Ou seja, o serviço está disponível entre a  altura da praça Oswaldo Cruz e a rua da Consolação.

Dentro de cada triciclo podem ser levados um adulto e uma criança de colo. Os triciclos não saem da ciclovia, e quando estão sem passageiro, circulam pela ciclovia livremente. Eles também param para descansar na praça do Ciclista, entre a rua Bela Cintra e a rua da Consolação.

É algo quase inimaginável em pleno principal centro financeiro da capital paulista. Não há verde, mas com a iniciativa totalmente sustentável, o espaço ganha ares de parque no asfalto. E isso se intensifica com as outras opções de transporte “verde”, como as bikes, monociclos e patinetes. Veja nessa matéria que fizemos aqui no Vivo Tech.

Aproveite para apreciar a paisagem

Enquanto não se preocupa em dirigir, você conseguirá olhar para os lados. De ponta a ponta, há muitos museus, teatros, cinemas, salas de exposição e livrarias. Além, é claro, de restaurantes, bares e cafés.

Você pode passar pelo Museu de Arte de São Paulo (MASP), o Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso e o Itaú Cultural. Da mesma forma, pelo trajeto, tem a chance de se deleitar com uma das poucas casas originais remanescentes, a Casa das Rosas.

Triciclo é uma nova modalidade de transporte em SP.

Café na Casa das Rosas, na avenida Paulista. Um dos marcos históricos que ainda restam intactos.

Se não estiver indo trabalhar, aproveite o percurso de triciclo para visitar a Livraria Cultura do Conjunto Nacional ou ainda a FNAC. Se preferir compras, tem o Shopping Center 3 e o Shopping Pátio Paulista. Há ainda o parque Trianon que também é uma ótima opção.

No circuito artístico, o Caixa Belas Artes oferece sessões de cinema com filmes variados. Pode-se ainda curtir uma apresentação no Teatro Gazeta. Pouco resta dos prédios originais da sua inauguração, no final do século 19, quando era reduto de grandes mansões de barões do café. Mas a apreciação e a imaginação valem a pena.

No mundo inteiro ser sustentável faz diferença. Lembre aqui onde as bicicletas elétricas são boas opções assim como os triciclos.

De onde veio e para onde vai o triciclo

Uma viagem a Los Angeles, nos Estados Unidos, inspirou pai e filho a criarem o app Carona Verde por aqui. Lá conheceram uma operação parecida, e na volta, decidiram colocar o plano em prática.

Em julho de 2015, abriram a empresa, mas os triciclos só foram lançados em 2018. Nesse meio tempo, os dois trataram da regulamentação e do desenvolvimento do modelo. Investiram R$ 150 mil na implantação, mas não revelam os lucros.

Por ser um meio de transporte limpo, sustentável, que não gera poluição sonora nem queima de combustível, e ainda é gratuito, gera muito interesse. Porém, a grande questão é como tornar o negócio sustentável em termos de viabilidade financeira e escalonável. São apenas dez unidades em circulação atualmente. Há, portanto, limitação física para a venda de espaços publicitários.

Triciclo é uma nova modalidade de transporte em SP.

O triciclo tem proteção especial contra sol e chuva e permite uma pessoa bem acomodada no banco traseiro.

Os sócios preveem um crescimento natural do negócio para além da Paulista. Dessa forma, ciclovias, parques públicos, estacionamentos, shopping centers, grandes eventos e feiras de negócios poderiam receber os triciclos, segundo eles. Outra possibilidade é a entrega de encomendas por meio do triciclo.

Mora em São Paulo e circula pela Paulista? Está com viagem marcada para a cidade? Programe uma voltinha no Carona Verde com o fim de ser mais sustentável. Para pegar carona no triciclo, o usuário deve baixar o aplicativo gratuitamente, disponível para Android e iOS. Tem também como circular de bike pela cidade, veja aqui as opções de apps de aluguel de biciletas. E boa diversão!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email