Não fique na mão: saiba como fazer a bateria do seu celular durar mais

Desvendamos alguns dos mitos e verdades sobre a bateria

11/07/2018 às 14:00

Na hora de comprar um celular, uma série de questões vem à cabeça do consumidor. Entre elas, a duração da bateria. Afinal, o elemento é um dos maiores responsáveis pelo tempo de vida do aparelho. Por isso, acaba gerando dúvidas e mitos. Será, por exemplo, que existe um melhor horário para carregar o celular? Por que a bateria fica mais fraca com o passar do tempo? Esses questionamentos são recorrentes – e podem trazer respostas que farão as cargas durarem bem mais.

Com o avanço da tecnologia, o desempenho das baterias melhorou – e muito. É possível encontrar celulares que garantem 40 horas de uso, algo que era inimaginável há alguns anos. Entretanto, adotar importantes cuidados com o aparelho também ajuda nesse processo.

Atualmente, a maioria dos fabricantes de celulares usa baterias à base de íon de lítio. O material garante um carregamento mais rápido, durabilidade estendida e maior densidade de carga.

Resultado de imagem para battery about to die gif

Devemos comparar as baterias pelo valor mAh?

Ao comprar um celular, vale checar o número do mAh, indicado nas baterias. A sigla é uma abreviação de miliampere-hora e indica a capacidade de transferência de carga elétrica durante o período (60 minutos). No entanto, a métrica não mede a energia de uma bateria. Seu papel é indicar o período de duração da mesma. Quanto maior o indicador, mais tempo o smartphone consegue ficar desconectado da tomada.

No entanto, diferentes fatores podem influenciar essa questão. O processador e o brilho da tela, por exemplo, também impactam diretamente na autonomia da bateria. Por isso, é importante não se basear apenas no mAh para tomar a melhor decisão. Ler reviews também pode ajudar nesse processo. Veja todas as análises que já fizemos sobre os mais variados aparelhos.

Quando recarregar o celular?

O próprio smartphone avisa o momento ideal para carregar a bateria, por exemplo. O iPhone dispara o alerta quando chega a 20% da carga e alguns modelos da Samsung dão esse sinal quando a carga atinge 15%. Mesmo assim, deixar o aparelho descarregar completamente não é considerado um problema para a vida útil da bateria.

Carregar à noite é perigoso?

A maioria das pessoas tem o hábito de deixar o celular recarregando durante a noite. No entanto, diferentemente do que muitos acreditam, esse hábito não estraga a bateria por carregá-la demais. Os celulares atuais possuem um dispositivo que evita que as baterias recebam sobrecarga. Assim, ela deixa de receber mais energia quando chega em 100%. Ou seja, pode dormir tranquilo e sem preocupações com seu smartphone.

Colocar o celular na geladeira ajuda na economia de bateria?

Você sabia que muitas pessoas colocam o smartphone dentro da geladeira para melhorar o desempenho da bateria? Apesar do dispositivo preferir o frio ao calor, é importante saber que o resfriamento pode até ajudar a preservar a carga. No entanto, não influencia em nada em sua duração.

Resultado de imagem para people freezing gif

E já que o assunto é temperatura, muito cuidado para não deixar o celular exposto ao sol. O calor acelera as reações químicas na bateria e, consequentemente, prejudica a sua vida útil. Nos dias mais quentes, uma alternativa é usar a saída do ar condicionado para resfriar o aparelho. Dessa forma, você consegue evitar o desgaste excessivo da bateria.

Tudo sobre a bateria do seu smartphone

É normal que toda bateria de celular passe por desgaste com o passar do tempo. Afinal, o smartphone é usado para tudo no mundo moderno.  Mas uma coisa é certa: a forma como utilizamos os aparelhos pode melhorar a autonomia da bateria. Dicas úteis e corriqueiras podem melhorar o desempenho da carga.

Entre os principais inimigos estão os apps de alto consumo que, simplesmente, não dão descanso para o celular nem mesmo quando estão fechados ou em segundo plano. Tanto no sistema Android quanto no iOS é possível descobrir quais são os aplicativos que têm o maior consumo energético. Assim, basta desinstalar aqueles que não são essenciais para você.

Dicas para o dia a dia

Trazemos, abaixo, mais 10 dicas que podem fazer a diferença na hora de aumentar o intervalo entre as recargas. Vale adotá-las para a vida e aproveitar melhor o seu celular, sem ficar na mão.

Embora todas as pessoas saibam os perigos dos carregadores piratas, muitos continuam usando. É importante lembrar que, além de causar curto, podem fazer o smartphone pegar fogo. Esses dispositivos também costumam causar problemas no circuito do aparelho.

– Seu carregador é muito rápido? Talvez seja melhor trocá-lo, uma vez que quanto maior a velocidade do carregamento, mais as reações ficam desgastadas.

– Nunca deixe seu celular exposto à umidade. Isso afeta e diminui a capacidade de carga e vida útil.

– Poucas pessoas sabem, mas o modo “baixo consumo” está disponível nos aparelhos de quase todas as marcas. Ao ativar essa opção, o smartphone passa a evitar grande parte das notificações. Aliás, os serviços de localização são desativados, o brilho da tela diminui e a função de vibrar é desligada.

– Evite remover a bateria de seu celular (a não ser que seja necessário trocá-la) para não correr o risco de danificá-la ou até mesmo estragar o próprio aparelho.

Configurações no aparelho

– Ative o “Modo avião” ou desligue o celular quando estiver em regiões com má recepção. Toda vez que o aparelho busca por um tipo de sinal (seja Wi-Fi, Bluetooth, 3G/4G, por exemplo), o nível da bateria cai rapidamente.

– O flash dos celulares consomem muita energia na hora do disparo. Evite usá-lo caso a bateria esteja no fim.

– Como as altas temperaturas prejudicam a bateria, é preciso ficar atento às capinhas compradas para o smartphone. Alguns modelos podem cobrir áreas críticas do aparelho e, assim, elevar sua temperatura enquanto ele recarrega. Então, a dica é sempre tirar a capinha durante o carregamento.

– Mantenha os aplicativos sempre atualizados, pois eles utilizam menos energia para rodar.

– Reduza o tempo limite de bloqueio automático da tela do seu smartphone para economizar energia. O ideal é configurá-lo para o menor tempo possível.

Curtiu as dicas? Uma outra alternativa para não ficar justamente quando você mais precisa são as baterias externas, também muito conhecidas como “power banks”. Saiba como escolher o modelo ideal para o seu aparelho!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
bateriagadgetsTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email