Selo de qualidade ambiental avalia a sustentabilidade dos celulares

Vivo avalia produção, uso e fim de vida de um celular para conferir um selo de qualidade ambiental aos aparelhos.

22/04/2019 às 9:00

Certamente cuidar do ambiente é responsabilidade de todos. A Vivo sabe disso e coloca o conceito em prática de diversas maneiras. Por exemplo, uma das principais ações de preservação e sustentabilidade é o Eco Rating, selo de qualidade ambiental para os celulares vendidos pela Vivo, refere-se a uma nota ambiental para o aparelho.

O slogan do programa, que faz parte do Vivo Transforma, é “o jeito inteligente de pensar no seu celular”. Assim, o Eco Rating confere selo de qualidade avaliando o impacto ambiental do processo de produção, uso e descarte de um aparelho celular.

Escolhas sustentáveis

Com a finalidade de proporcionar a você alternativas de escolhas sustentáveis, a avaliação de cada aparelho é feita a partir de 100 critérios. Eles consideram tanto aspectos sociais quanto ambientais. E, dessa forma, cada telefone ganha um selo de qualidade Eco Rating, com pontuação final em uma escala de 1 a 5, sendo a pontuação 5, a máxima na escala do selo.

Selo de qualidade avalia impacto ambiental de aparelhos celulares.
Pontuação do selo de qualidade Eco rating vai de 1 a 5.

A metodologia de avaliação do Eco Rating foi desenvolvida no Reino Unido pelo grupo Telefónica, do qual a Vivo faz parte, em parceria com a ONG Forum for the Future, que trabalha por um futuro sustentável. O selo de qualidade ambiental teve, então, lançamento na Alemanha, onde da mesma forma foi adotado por outras operadoras. E igualmente está em uso no Reino Unido, chegando depois ao Brasil por meio da Vivo.

Processo do selo de qualidade

Em princípio, a avaliação começa na extração das matérias-primas. Quanto menos recursos naturais foram utilizados, maior será a pontuação final do aparelho. Dessa forma, todos os insumos devem ser usados eficiente e conscientemente.

De igual maneira, o processo de refino das matérias-primas é avaliado, com a medição das quantidades de substâncias químicas ou metálicas usadas em cada aparelho.

Selo de qualidade analisa diferentes etapas do processo de produção para conferir uma nota.
Análise para conferir selo de qualidade inicia no uso de recursos para produzir aparelhos.

Depois, é a vez da empresa fabricante do aparelho. Em resumo, é preciso identificar se a sustentabilidade é importante para ela. E se a marca se preocupa com as condições de seus trabalhadores. E ainda se ela investe na redução das emissões de carbono. Também é examinado o consumo de energia no processo produtivo do celular, e como é feito o descarte dos resíduos da produção.

O foco também é dirigido à ética das empresas produtoras, às condições de trabalho oferecidas, à existência ou não de mão de obra infantil, entre outros aspectos. Igualmente é calculado o uso adequado de produtos escassos na sua produção. Afinal, ouro, prata, estanho e vários outros minerais raros compõem cada celular.

O ciclo de vida dos celulares

Depois disso é feita, então, uma análise do ciclo dos celulares. Suas emissões de carbono durante sua vida útil, seu transporte, seu destino final.

Outro critério avaliado para o selo de qualidade ambiental Eco Rating é o design responsável. Assim, são verificados a durabilidade do aparelho, a eficiência da bateria e o uso de elementos recicláveis facilmente.

Além disso, é conferida a eficiência da embalagem: o tipo de material utilizado, a porcentagem de conteúdo reciclável, o peso e o uso ou não de tinta com compostos orgânicos voláteis.

Certamente não poderia deixar de ser examinado também o transporte do celular para chegar até você. Qual o meio de transporte mais eficiente, considerando a distância da fábrica até o consumidor.

Selo de qualidade avalia até mesmo como os aparelhos são transportados para a comercialização.
Até mesmo o meio de transporte utilizado pelos fabricantes de celulares é levado em conta.

Em suma, é algo bem complexo e detalhado. Confira estes números: um navio emite 0,00293 quilo de CO2 (gás carbônico) por tonelada transportada por quilômetro. Por sua vez, um caminhão emite muito mais, 0,0238 quilo por quilômetro por tonelada transportada.

Já o trem emite 0,00601 quilo por quilômetro por tonelada. E, enfim, o avião é o campeão de emissões, com 0,15007 quilo de CO2 por quilômetro por tonelada transportada. Portanto, todos os números são levados em conta.

Ao final da vida útil, reciclar

E qual será o impacto que cada celular vai ter no meio ambiente ao final de sua vida útil? Isso vai depender muito de você. Não é legal deixar o telefone velho guardado no fundo de uma gaveta qualquer.

O melhor é buscar pontos de descarte e de reciclagem dos celulares nas lojas da Vivo, o que contribui para a sustentabilidade do planeta. Desde 2007, a Vivo conta com o programa Recicle com a Vivo, que são urnas disponibilizadas em lojas para descarte de celulares que já não tem mais uso.

Na reciclagem, é medida a porcentagem do material que pode ser separada e destinada de forma correta. Certamente é bom lembrar que existe o programa Vivo Renova, no qual o seu celular usado vale como desconto na compra de um novo.

Vivo confere selo de qualidade Eco rating aos celulares que comercializa.
Selo de qualidade Eco Rating é a garantia de que o celular considera a sustentabilidade ambiental.

Contribuindo com o meio ambiente

Contudo, ainda outras formas de contribuição para o meio ambiente são aferidas. Assim, o telefone de tela grande pode ser considerado como maior consumidor de energia que um smartphone pequeno.

Entretanto, se esse aparelho substitui outros equipamentos, como câmeras digitais, GPS e tablets, seu impacto de acordo com os critérios modernos de sustentabilidade é positivo.

Hoje 91% das pessoas substituíram suas câmeras fotográficas digitais por seus smartphones. Além disso, 84% dos motoristas usam aplicativos como Google Maps ou Waze para traçar rotas inteligentes em seus deslocamentos, o que gera economia de combustível.

Eventualmente, outros fatores são considerados para emissão do selo de qualidade Eco Rating durante o uso do aparelho. Assim, é verificada a eficiência da bateria dos celulares. Ou seja, é analisado o número de cargas necessárias diariamente para um smartphone. Também são ponderados os carregadores. Modelos mais modernos e inteligentes param de consumir energia quando a carga do celular chega aos 100%.

Quer saber mais sobre esse programa da Vivo? Então, clique neste link. Aproveite para ler também sobre as ações para acabar com telefones irregulares.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
telefonia móvelVivo
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email