Saiba como melhorar o sinal do wifi e a qualidade de sua internet

Entenda como medir a velocidade e conheça também 6 dicas para melhorar o sinal do wifi e garantir rapidez em suas conexões.

04/05/2018 às 14:54

Você tem dúvidas sobre a velocidade da internet no seu Wi-Fi? Acha que o sinal está mais lento do que deveria? Você sabe usar um velocímetro de internet? Quer melhorar o sinal do wifi? Relaxe! É fácil verificar e melhorar a velocidade e a qualidade de seus dispositivos.

Velocidade de internet é sinônimo de largura de banda. Pense em uma estrada: quanto mais larga, mais veículos podem passar ao mesmo tempo. Na internet e no WiFi, quanto maior a largura de banda mais dados transitam simultaneamente. E isso aumenta a velocidade da comunicação entre seu computador ou telefone e os sites.

Rapidez em suas conexões – é o que você quer, certo? Vamos a um pequeno roteiro de como chegar a um ideal.

Saiba qual sua velocidade contratada

Em primeiro lugar você deve verificar a largura de banda de internet. Ela obrigatoriamente consta do contrato firmado com a provedora. E também aparece sempre em sua fatura mensal.

A largura de banda corresponde a um número (1, 2, 3, 5 10, 35, 50 ou mais Mbps, os megabits por segundo), dependendo de sua provedora e do plano contratado.

Se você é cliente Vivo, acesse o Meu Vivo Fixo do seu celular para ver qual é a velocidade do seu plano. Mas você também pode acessar essas informações na área do Meu Vivo no portal.

Pelo APP:

Aplicativo Meu Vivo
Confira através do aplicativo Meu Vivo a velocidade contratada. Imagem: Reprodução

Ou também pelo computadorAqui a função fixa/combo precisa ser selecionada para chegar até essa tela. Essas áreas só estão disponíveis para os clientes que possuem algum serviço de internet contratado.

Meu Vivo versão web
Também pode conferir a informação à partir da versão web do Meu Vivo. Imagem: Reprodução

4 parâmetros avaliados por testes de velocidade

Há vários sites que medem a velocidade da conexão, não importa se estão conectados à internet por cabo ou Wi-Fi.

Confira como interpretar os parâmetros medidos pelos testes de velocidade em laptops e desktops:

Download

Tempo para abrir sites ou baixar músicas, programas etc. A velocidade de download deve ser próxima à velocidade contratada no plano.

Upload

Tempo para carregar posts em seu blog ou perfil, enviar e-mails com anexos mais pesados etc. A velocidade de upload normalmente fica ao redor dos 10% daquela de download.

A diferença entre Download e Upload se resume a quem envia e quem recebe o arquivo. Caso você esteja trazendo arquivos para o seu computador, trata-se de um download. Caso você esteja enviando algo do seu computador para a web trata-se de um upload.

Ping ou tempo de latência

As expressões têm o mesmo significado. É o tempo que um pacote de dados leva para ir de seu computador ao computador de destino e retornar. O ping (ou tempo de latência) é aceitável se fica abaixo dos 50ms (milisegundos).

Jitter

Mede a variação de atraso entre os pacotes sucessivos em uma rede. E o valor de jitter deve ser o menor possível, próximo de zero.

7 fatores externos que influem na medição

  1. Quantidade de pessoas conectadas ao mesmo tempo ao provedor de internet. Isso pode gerar congestionamento de acesso;
  2. Distância física entre seu computador e a central de infraestrutura mais próxima da sua operadora;
  3. Qualidade e extensão da fiação interna do imóvel onde o computador está instalado;
  4. Capacidade de processamento do computador;
  5. Interferências entre o sinal emitido e o sinal percebido;
  6. Qualidade das páginas buscadas na internet;
  7. Eventuais problemas no desktop ou laptop.

3 testes para medir a velocidade da internet para desktops

Há vários testes de velocidade de internet para desktops ou notebooks no mercado. Eles usam tecnologias similares e produzem resultados parecidos. Os testes são grátis e muito simples de usar. Experimente-os nos links abaixo e escolha o que combina mais com você. Aí faça suas medições sempre que estiver em dúvida.

Copel

Teste completo, mede os quatro parâmetros de velocidade: download, upload, ping e jitter.

Speedtest

Mede três parâmetros: velocidades de download e upload, e tempo do ping.

Voxel

Mede download, upload e ping. Seu diferencial é possuir um velocímetro com bons gráficos.

Como medir a velocidade no celular

E para seu smartphone, com medir a velocidade do sinal WiFi? Você vai precisar baixar e instalar um aplicativo.

A Vivo recomenda a instalação do Speedtest, com versões para iOS e Android. O app mede as velocidades de download e upload, os tempos de ping e jitter. E com uma função a mais: informa o eventual número de pacotes (dados enviados e recebidos) perdidos na comunicação. Esse número sempre deve ser zero.

Quer outra opção? Tem o Speedcheck, com boas avaliações e interface agradável e fácil de usar. Você o encontra para Android. Para iOS, outra opção é o SpeedSmart, bem cotado pelos usuários.

6 dicas para melhorar o sinal do wifi

Ok, fez suas medições e está insatisfeito com os resultados? Existem ações para você mesmo melhorar a situação, melhorar o sinal do wifi e resolver o problema:

1. Tenha bons equipamentos para melhorar o sinal do wifi

Sabe o equipamento que parece uma caixa retangular? E que pode ter antenas aparentes? É o roteador e ele está conectado a sua entrada de internet por um cabo. O roteador é responsável por escolher a melhor rede para encaminhar e receber os pacotes de dados. Ele cria um conjunto de redes, conectando-se a duas ou mais linhas de dados de redes diferentes.

O Wi-Fi está em permanente evolução, e novas versões de aparelhos se adaptam a essa evolução. O mesmo se aplica a seu smartphone: quanto mais novo, melhor. As operadoras disponibilizam roteadores modernos e de alta qualidade, mas você sempre pode procurar um mais potente.

2. Roteador no melhor lugar

Nunca posicione seu roteador atrás de um móvel. É importante que ele fique em um local alto e livre de obstáculos para melhorar o sinal do wifi. Afinal de contas, ele é um transmissor de sinal. Veja onde você mais usa seu smartphone e tablet e verifique se há espaço livre desse local até o roteador.

Mas, se possui antenas aparentes, não mexa em suas posições, elas devem sempre ficar para cima. E para ter sinal forte em todos os pontos de sua casa, o roteador deve ficar em uma posição central.

3. Use um canal de transmissão liberado

Os roteadores transmitem ondas de rádio e precisam de um canal de comunicação que não interfira em outros aparelhos. Conflitos com outros aparelhos são normais.

Como descobrir um canal desimpedido? A Vivo recomenda o uso do app Wi-Fi Analyzer, disponível para Android, que o ajuda a achar o melhor canal de frequência de transmissão para seu roteador.

4. Fuja das interferências

Muitos aparelhos podem interferir no seu sinal. Mas os que mais podem atrapalhar são os telefones fixos sem fio e os fornos de micro-ondas. Mantenha seu roteador longe deles.

5. Evite os ladrões de sinal

E se seu sinal estiver fraco porque algum vizinho oportunista descobriu sua senha e está usando sua rede? Isso não é incomum. A melhor maneira de evitar o roubo é caprichar na senha:  faça uma bem complicada, com números, sinais gráficos, caracteres maiúsculos e minúsculos. E troque-a constantemente.

Leia este outro texto do VivoTech: 17 dicas para garantir uma senha segura de WiFi. É muito útil!

6. Controle os grandes consumidores

Os programas que normalmente consomem largura de banda são programas de download tipo BitTorrent, jogos online e streaming de filmes. Se em sua casa mais de uma pessoa utiliza o Wi-Fi, é bem possível que alguém esteja gastando quase toda a internet curtindo um jogo ou um filme. Por isso é importante contratar um plano adequado a realidade da casa em que você mora.

Mais tranquilo agora que sabe como melhorar o sinal do wifi? Leia também sobre armazenamento em nuvem e libere espaço em seu smartphone.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
internetroteador WiFiWiFi
Telefônica
Vivo. Patrocinadora Oficial da Seleção dos Brasileiros
Viva Tudo
172.30.0.53