Quem é Elon Musk e por que todos estão falando sobre ele?

Nem ator de cinema ou youtuber, tão pouco cantor. Os olhos do mundo enxergam apenas o novo ícone da tecnologia.

14/02/2018 às 10:00

“Aparentemente tem um carro em órbita em volta da Terra”, tuitou no dia 6 de fevereiro um cidadão pouco conhecido, até então. Mas afinal, quem é o homem por trás desses caracteres tão repletos de significado. Quem é Elon Musk?

Foto do Tesla no espaço

Carro Tesla no espaço.

Contudo, o carro estava realmente lá. E Musk foi o responsável pelo seu lançamento, como carga no foguete Falcon Heavy, o mais poderoso da atualidade e produzido pela SpaceX, uma de suas empresas.

Além disso, Elon Musk ainda comanda a Tesla, fabricante de carros elétricos e baterias, e a Solar City, produtora de painéis solares. Ele também já teve a PayPal, que permite que você faça compras e pagamentos online, sem a necessidade de compartilhar dados de seu cartão. Portanto, quatro gigantes, todas com valor superior a 1 bilhão de dólares.

Sim, o cara é bilionário! Nenhum outro ser humano conquistou tudo isso antes. Ou seja, quatro negócios diferentes e muito valiosos. Sempre trabalhando na ponta do espectro tecnológico, em diferentes áreas, Musk personaliza o desejo humano de explorar o espaço.

Sul-africano, 46 anos, mudou-se para o Canadá na adolescência, migrou à Califórnia. E agora desperta a atenção do mundo. E bem que merece! Mas, quem é Elon Musk? Continua a leitura para saber mais. 

Elon Musk: seu nome do meio deve ser trabalho

O lançamento do Tesla roadster mostra que ele fala sério quando diz que vai levar o homem a Marte na próxima década. O sonho é possível. O carro que foi ao espaço já passará do planeta vermelho. E estará rumo ao Cinturão de Asteróides, perto de Júpiter.

Musk pode conseguir essa façanha. Um visionário apaixonado pelo espaço que leu muita ficção científica e se formou em Física e Economia. Mas trabalho deve ser o seu nome do meio. O empresário abandonou no segundo dia um doutorado em Stanford, porque não teria tempo para estudar.

Seu diferencial: propõe metas incrivelmente altas e exige de si e de seus funcionários o máximo para alcançá-las. Já trabalhou 23 horas por dia, hoje ainda faz 100 horas por semana. E na Tesla, no início, quase sempre à beira da falência, exigia 20 horas/dia dos trabalhadores.

Talento para fazer dinheiro

Com 12 anos, ainda na África do Sul, criou um videogame e o vendeu por 500 dólares (cerca de R$ 1.650). Depois de estudar no Canadá e nos EUA, em 1995, lançou a Zip2, uma empresa de guias eletrônicos para a mídia. O produto vendeu para 160 jornais antes de vendê-la para a Compaq. A qual usou os guias em seu buscador AltaVista, um dos antecessores do Google.

Aí se interessou por pagamentos eletrônicos e fundou a X.com, que se uniu a outra companhia e se tornou a PayPal, um sucesso. Em 2002, a vendeu ao eBay, embolsando 250 milhões de dólares (cerca de R$ 825 milhões) pela sua parte.

Foguetes bons e baratos

Seus sonhos de ficção científica se tornaram possíveis e Musk fundou a SpaceX com 150 milhões de dólares. A Nasa estava passando os lançamentos espaciais para terceiros e a sua empresa tornou-se a melhor fabricante privada de foguetes. Eles são recuperáveis, levam gente e suprimentos à Estação Espacial Internacional. E custam um décimo do que custavam os foguetes da Nasa.

A Tesla foi fundada em 2003 por outras pessoas, mas Musk a assumiu no ano seguinte. A empresa é reconhecida por fazer carros elétricos de padrão superior. Mas ainda enfrenta dificuldades e não consegue entregar a quantidade de veículos que gostaria.

Constantes atrasos levaram a prejuízos que chegaram a 550 milhões de dólares (cerca de R$1,85 bilhão) no ano passado. Entretanto, tudo é recuperável, basta conseguir entregar ao mercado muitas unidades do Tesla 3, modelo ansiosamente aguardado pelos consumidores.

Musk tem dinheiro para bancar prejuízos. Seu patrimônio atual: 20 bilhões de dólares (aproximadamente R$ 66 bilhões). Quantia mais do que suficiente para manter a Tesla até que ela se torne lucrativa e, claro, para construir o foguete que irá a Marte.

Veja mais sobre
Tecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email