Vai se inscrever no ProUni 2019? Listamos tudo que você precisa saber

ProUni 2019 abre chance para quem deseja bolsas de estudo de 50 a 100% em instituições privadas de ensino superior.

28/01/2019 às 9:00

Se você quer se inscrever no ProUni 2019, certamente deve ficar muito atento! Afinal, as inscrições estarão abertas apenas por quatro dias, de 31 de janeiro a 3 de fevereiro até as 23h59min. Mas você sabe o que é o ProUni? É um programa do Ministério da Educação que distribui bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior. Em síntese, as bolsas são de 50% ou 100% do custo do curso. O nome oficial do ProUni é Universidade para Todos.

ProUni 2019 oferece bolsas parciais ou integrais para universidades privadas.

ProUni 2019 distribuirá bolsas em cursos superiores de instituições privadas.

Aliás, são muitas as bolsas oferecidas pelo ProUni — somente no ano passado foram 368 mil. E, afinal, o que o candidato precisa ter para se inscrever? São duas as condições básicas do ProUni 2019: ter feito o exame do Enem e conseguido nota superior a 450 pontos, sem zerar na redação.

Renda familiar máxima

Você se encaixa nesses critérios? Então vamos em frente. É necessário ainda ter concluído o Ensino Médio. Se for em escola pública, perfeito. Se for em escola privada, deve ter sido com bolsa integral. Por quê? É simples: o ProUni se propõe, assim, a dar acesso ao ensino superior às populações mais carentes.

A renda familiar máxima aceita é de três salários mínimos por pessoa. Isso é fácil de calcular. O salário mínimo é de R$ 998,00. Então, se sua família tem quatro integrantes, é só fazer 4 x 3 x R$ 998,00. Isso representa R$ 11.976,00 — qualquer renda familiar inferior a esse valor permitirá que você se candidate ao ProUni 2019. A conta é sempre o número de pessoas na família vezes 3 e vezes 998 (salário mínimo vigente).

Quem pode ganhar bolsa integral

Contudo, veja este detalhe: somente estudantes com renda familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa têm direito a bolsa de estudos integral. Estudantes com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa ganham, portanto, bolsas de 50% do valor do curso.

Independentemente desse critério econômico, o ProUni 2019 ainda aceita inscrições de estudantes que sejam portadores de deficiência física. E, da mesma forma, de professores da rede pública de ensino básico que concorrem a bolsas de ensino para cursos superiores de licenciatura ou pedagogia.

É essencial ficar atento ao prazo para se inscrever no ProUni 2019.

ProUni 2019, o programa Universidade para Todos do MEC, abre inscrições em 29 de janeiro.

Inscrição no site para ProUni 2019

E como fazer para se inscrever? Em primeiro lugar, acesse o site oficial do programa, neste link do MEC. O formulário de inscrição ainda não está disponível. Ele somente será acessado por meio de um botão, quando as inscrições estiverem abertas.

Assim, você deverá clicar no botão “Inscrever” e, em seguida, procurar a instituição de ensino e o curso que deseja. Depois, selecione o tipo de bolsa desejada (integral ou 50%) e informe seu número e senha de inscrição no Enem. Tenha esses números à mão. Da mesma forma, memorize anteriormente o curso e a instituição de ensino para os quais quer solicitar a bolsa de estudos.

Resultado no dia 4 de fevereiro

Siga todas as instruções, que são fáceis e intuitivas. E completada a inscrição, é só aguardar o resultado. O MEC informa que a lista dos contemplados com bolsas do ProUni 2019, em primeira chamada, será divulgada, no mesmo site, em 4 de fevereiro. As matrículas devem ser feitas até 12 de fevereiro.

Realizar a prova do Enem e não zerar na redação são pré-requisitos para o ProUni 2019.

Ter feito a prova do Enem é condição indispensável para a inscrição no ProUni 2019.

No dia 18 de fevereiro, sai a lista em segunda chamada. Essa lista é para preencher o total de bolsas disponíveis. Quem estiver na segunda chamada do ProUni 2019, deve então se matricular até 25 de fevereiro. E ainda haverá uma lista de espera, que estará aberta nos dias 7 e 8 de março.

Se você for selecionado, deve matricular-se no curso e instituição escolhidos. Aí você deverá levar à instituição sua identidade, CPF ou qualquer outro documento oficial com foto. Ainda é indispensável um comprovante de residência atualizado. E, além disso, os comprovantes de rendimento familiar para demonstrar a insuficiência de recursos para pagar as mensalidades da faculdade. Por fim, apresente ainda seu comprovante de conclusão do Ensino Médio.

Faça uma estimativa de suas chances

Afinal, quais são suas chances no ProUni 2019? Quanto maior sua nota no Enem, maiores as possibilidades. O ProUni seleciona pelo resultado do Enem. E tudo depende também da procura pelo curso naquela faculdade. Veja no quadro abaixo as vagas por estado no primeiro semestre de 2017 – último ano com estatísticas liberadas pelo MEC:

 ProUni 2019 oferece diversas bolsas em todos os Estados do País.

Vagas do ProUni irão variar de acordo com a população de cada estado, como foi em 2017.

E se você não conseguir se inscrever para o ProUni 2019? Não se desespere: em junho tudo se repete, com bolsas para o segundo semestre. Praticamente todas as universidades e instituições de ensino superior do Brasil são parceiras e participantes do ProUni. A lista completa, que é muito grande, está neste endereço. Confira quais você pode escolher em seu Estado.

Ainda tem dúvidas? O MEC disponibiliza um telefone de contato para quaisquer informações. O número é o 0800-616161 e a ligação é gratuita. Outra alternativa é procurar a secretaria da instituição de ensino que você escolheu. Entretanto, se você quiser saber tudinho sobre o ProUni 2019, nos mínimos detalhes, leia o edital.

Educação é um de nossos temas principais. Assim, não deixe de conferir artigos interessantes sobre inscrições para o SISUsimulador de notas do Enem e o Google Assistente dando uma força no Enem.

Veja mais sobre
Educaçãointernet
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email