O que é internet das coisas?

Entenda a inovação que está transformando o mercado. Vivo tem um laboratório no Rio de Janeiro só para desenvolvê-la.

22/02/2018 às 15:27

A tecnologia influencia até no aumento do vocabulário diário. Entre as expressões mais atuais: internet das coisas, que a cada segundo torna-se mais popular. Resultado, dúvidas sobre o tema. Afinal, o que é internet das coisas?

Partindo do princípio: a sigla: IoT vem das iniciais de Internet of Things, que traduzimos literalmente do inglês e significa internet das coisas. Essa, por sua vez, compreende um conjunto de objetos, veículos e prédios, que são comercializados com chips e sensores de computador com o objetivo de coletar dados do consumidor.

Ok, ok, e dá para traduzir isso em um exemplo de nosso dia a dia? Sim, claro! Imagine que você está voltando para casa de carro ao fim do trabalho e o portão da garagem abre automaticamente segundos antes da sua chegada. Você já passou no supermercado e comprou os produtos que faltavam com a ajuda da geladeira, que enviou a lista por mensagem para o seu smartphone.

Aliás, no supermercado, você pagou tudo sem passar por nenhum caixa. E mais: tem um ar condicionado ligado na temperatura adequada. Televisão que seleciona seus filmes preferidos. Tudo executado por máquinas, exemplificações claras do que é Internet das coisas.

Em suma, atende por IoT toda tecnologia que traz total funcionalidade a objetos cotidianos. Ou seja, torna produtos comuns em “computadores”.  Enfim, o mundo do futuro, uma inovação tecnológica que está contaminando o mercado consumidor e chegou até aos laboratórios de pesquisa.

Laboratório de iOT

Muitas instituições de ensino superior e empresas têm seus laboratórios de internet das coisas. Por quê? Pois são nesses espaços que, principalmente, as empresas conseguem desenvolver novas soluções comerciais em IoT. Serviços e produtos inéditos para um mercado que anseia por “objetos inteligentes”, baseados em tecnologia digital, hardware e/ou software.

A Vivo, por exemplo, tem um. O chamado Open IoT Lab fica na cidade do Rio de Janeiro, no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Empresa. Conta com parceria e apoio da Huawei, líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Também são parceiras do Open IoT Lab, as empresas U-bloxQuectel, fabricantes de módulos de conectividade, além da C.A.S. Tecnologia, conhecida por desenvolver soluções para o mercado energético. Todas elas, claro, empresas de ponta em seus segmentos.

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email