O que observar sobre o sistema operacional na hora de comprar o seu smartphone?

Entender a importância do software que faz tudo funcionar no seu aparelho e como ele se relaciona com outras funcionalidades ajuda a realizar uma boa compra.

09/06/2017 às 15:32

Além da capacidade de armazenamento de mídia, qualidade e resolução da câmera e da tela, é cada vez mais importante observar o sistema operacional do smartphone que você deseja comprar.

Atualmente, o mercado é dominado pelo Android, desenvolvido pelo Google, seguido de longe pelo iOS, da Apple. Dados divulgados em maio pelo próprio Google apontam que o Android tem globalmente 2 bilhões de usuários ativos, diante de 700 milhões do sistema da Apple. O domínio se deve à variedade de fabricantes e desenvolvedores que projetam aparelhos e aplicativos na plataforma Android e também pelo aspecto financeiro, com smartphones oferecidos em diferentes faixas de preço. Tem também a diversidade de acessórios, como cards de memória, fones de ouvido e outro periféricos que são compatíveis. Diferente da Apple, que é compatível com poucos acessórios que não são de sua própria fabricação.

Para você decidir com propriedade de maneira rápida ou ter um bom ponto de partida para iniciar uma pesquisa mais profunda sobre qual aparelho escolher, listamos três pontos importantes considerando o sistema operacional embarcado.


Versão

A versão do sistema operacional é muito importante, pois indica a capacidade do aparelho rodar determinadas versões dos aplicativos que você utiliza com mais frequência. Além disso, alguns fabricantes de smartphones realizam mudanças no sistema operacional que podem impactar no desempenho ao longo do tempo, principalmente no que diz respeito à velocidade de processamento e estabilidade dos aplicativos.

Por ser mais aberta e popular tanto entre fabricantes e desenvolvedores como entre usuários, o Android é a plataforma que merece mais atenção sobre customizações e versões, que, até o momento, tem treze, sendo a mais recente a Nougat 7.1. O sistema iOS, da Apple, é embarcado apenas em produtos fabricados pela empresa fundada por Steve Jobs, e, por sinal, tem um controle rigoroso dos aplicativos que são lançados em sua app store e também limita a instalação de atualizações em aparelhos mais antigos.


Capacidade de armazenamento

Quando você se informar sobre a capacidade de armazenamento, é importante entender o espaço ocupado pelo sistema operacional. Apesar dos fabricantes informarem que são, por exemplo, 32GB de armazenamento interno, ele não contempla o espaço que é utilizado pelo sistema operacional no momento da compra. Portanto, ao manusear um aparelho que você deseja comprar, verifique nas configurações o espaço ocupado pelo sistema operacional. Da mesma forma que a versão, a capacidade de armazenamento pode impactar na performance do sistema operacional ao longo do tempo em função das atualizações disponibilizadas pelos desenvolvedores, tanto do sistema operacional como dos apps que você utiliza. Por isso, além do espaço interno, é bom observar se o aparelho que você deseja oferece a possibilidade de expandir o espaço de armazenamento com cards de memória.


Customização

Pense bem como você consegue gerir a sua rotina de consumo de vídeos, jogos e tarefas do trabalho no smartphone. Qual possibilitará uma adequação melhor à sua realidade? No caso dos usuários de Android e Windows Phone, é bem mais simples a integração com serviços como Gmail, o Google Drive, Outlook e OneDrive. Além de optar por algo que você está familiarizado, a integração com o que você utiliza em um computador de mesa ou notebook tornará seu dia a dia mais produtivo.

Agora que você entende um pouco melhor a importância do sistema operacional e como ele influencia a maneira que você usa um smartphone, faça uma boa escolha.

 

 

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
mobileTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email