Na Índia, Facebook está ajudando a encontrar doadores de sangue

O recurso será lançado no Android e na web móvel primeiro.

Há uma escassez de sangue na Índia, e para conectar doadores, pacientes e hospitais com mais facilidade, o Facebook está apresentando um novo recurso que mostrará uma mensagem no News Feed dos usuários para que eles se inscrevam como doadores de sangue.

As informações permanecerão privadas e definidas para “apenas eu” por padrão, embora os usuários possam compartilhar seu status de doador em seu perfil, se assim o desejarem.

Doadores de Sangue Facebook
Na Índia, você pode indicar no seu perfil do Facebook se é doador de sangue. Foto: News Room

Para projetar essa nova funcionalidade, o Facebook contou ao The Verge que trabalhou com organizações sem fins lucrativos, especialistas da indústria da saúde, doadores potenciais e todas as pessoas que usaram o Facebook para encontrar dadores de sangue.

“Ao aumentar a conscientização e aumentar o número de doadores de sangue na Índia, queremos tornar mais fácil para pessoas e organizações dar e receber sangue”, escreveu Hema Budaraju, chefe dos programas do Facebook no sul da Ásia, em um comunicado.

Como o recurso vai funcionar?

A pessoa ou hospital que precisa de sangue poderá criar uma publicação especial que inclua informações sobre o local onde o sangue é necessário, informações de contato e uma opção para identificar o grupo sanguíneo requerido e uma anedota sobre o paciente.

Quando esse pedido é publicado, as pessoas próximas que indicaram que estão dispostas a doar sangue receberão uma notificação no Facebook e terão a opção de responder através do Messenger, WhatsApp ou uma ligação. Os detalhes dos doadores são mantidos privados, a menos que eles escolham divulgá-lo à pessoa que precisa de sangue.

Postagem requisitando doador de sangue
Notificação e postagem requisitando doador de sangue. Foto: News Room

Se você mora na Índia (ou conhece alguém que está morando lá) e gostou da iniciativa, identifique-se como um doador de sangue. Mas, se você possui um iOS, terá que esperar. O recurso será lançado para Android e na web móvel primeiro, pois são as plataformas mais populares da Índia, de acordo com o Facebook.


Fonte: The Verge