Saiba como escolher o melhor banco digital para você

O banco digital virou uma realidade no Brasil. Descubra como funcionam essas instituições e saiba qual delas é a mais indicada para o seu caso.

11/02/2019 às 14:00

A evolução da tecnologia nos dispositivos móveis e a popularização dos aplicativos vêm provocando mudanças na forma como executamos tarefas do dia a dia.

Primeiro foi a compra online, depois a alimentação e em seguida os transportes. Mas a revolução não parou por aí. As fintechs (startups voltadas ao sistema financeiro) ganharam corpo e chegaram às instituições financeiras.

Por conta disso, vimos surgir o banco digital. Aqui no Brasil, a versão digital do banco surgiu em 2016, com o Banco Original. Contudo, apenas dois anos depois o cenário conta com mais opções e já é possível escolher qual se adapta melhor ao seu perfil.

Banco digital desburocratiza serviços e oferece taxas gratuitas para correntistas.

Descubra os bancos digitais no Brasil e o que oferecem.

A diferença para um banco convencional

A primeira e grande diferença: a finalidade do banco digital é desburocratizar o processo e eliminar idas desnecessárias a uma agência. Adeus papelada e filas das instituições convencionais!

Aliás, a ideia é fazer tudo por um aplicativo — desde o envio de documentos para a abertura até a gestão completa da conta, incluindo investimentos e contratação de serviços. Por isso, nem é preciso dizer que a iniciativa ganhou adeptos logo de saída.

O fato de o banco ser digital e não ter agência física não significa que não há atendimento humano. Dessa forma, se surgir uma dúvida ou qualquer necessidade, a comunicação com a instituição financeira, geralmente, pode ser feita por aplicativo, e-mail ou telefone.

Mas além de eliminar boa parte da burocracia, ainda tem uma outra característica para te deixar feliz – boa parte dos bancos digitais não cobra tarifas para a manutenção da conta-corrente. Exatamente! Sendo assim, não há taxa mensal para você movimentar seu dinheiro.

Banco digital, em sua maioria, não pratica cobrança de mensalidade de conta-correntes.

Banco digital é praticamente sinônimo de economia na taxa de manutenção mensal.

Se o banco não cobra tarifas, como sobrevive?

Todos sabem que instituições financeiras não são entidades filantrópicas ou sociedades beneficentes. Como todo negócio, o banco digital também precisa lucrar. Contudo, se não há taxa de manutenção da conta, por onde entra o dinheiro?

O segredo está na venda de serviços. Pode ser a contratação de um seguro, um financiamento, investimento dos correntistas em ações (geridas pelo banco) ou crédito de celular pré-pago. Tudo isso gera lucro para o banco.

As opções do mercado brasileiro

Se passaram apenas dois anos da abertura do primeiro banco digital no país, mas o mercado parece ter recebido bem a novidade – afinal, quem não gosta de desburocratizar e economizar ao mesmo tempo? Sendo assim, após a abertura do Original, o pioneiro da modalidade por aqui, outras empresas passaram a apresentar serviços competitivos.

Quer saber quais são os bancos digitais mais conhecidos no Brasil? Então, confira a lista que preparamos e descubra o que cada um deles oferece.

1-) Agibank

O antigo Banco Agiplan não cobra taxa de manutenção da conta-corrente. Aliás, ainda oferece por mês: geração de até 4 boletos, 4 transferências entre bancos, compras com QR Code, 4 saques na rede Banco 24 Horas e 2 saques em lotéricas.

Baixe o app da Agibank para Android ou ainda para iOS.

Banco digital possibilita serviços realizados por app.

Aplicativo do Agibank.

2-) Banco Inter

Criada em 1994, a financeira Intermedium virou banco em 2007. Porém, foi só em 2018 que ganhou status de digital e teve seu nome alterado para Inter.

O banco digital não cobra taxa de manutenção da conta-corrente e oferece os seguintes serviços gratuitos sem limite: TED, saques na rede Banco 24 Horas, depósito de dinheiro por boleto, depósito de cheque por imagem, pagamento de contas por boleto, compras e transferências por QR Code.

Baixe o app do Banco Inter para Android ou ainda para iOS.

Banco digital diferencia-se pela redução da cobrança por diversos serviços.

O Inter ganhou a atenção dos usuários por não cobrar por diversos serviços.

3-) Banco Original

A instituição pioneira nos serviços digitais do Brasil, fruto da fusão entre os bancos JBS e Matone, não oferece isenção na taxa de manutenção. Entretanto, oferece o pacote Original Ilimitado que custa R$ 9,90 mensais e garante: TED, saques na rede Banco 24 Horas e em caixas automáticos do Banco Original, transferência entre contas do Banco Original e extrato mensal.

Baixe o app para Android ou ainda para iOS.

Banco digital Original cobra tarifa mensal de conta-corrente.

O banco digital pioneiro no Brasil é o único da lista a cobrar taxa mensal fixa.

4-) Neon

A empresa possui parceria com o Banco Votorantim, que detém a custódia das contas e serviços oferecidos pela fintech. Assim como outros, não cobra taxa mensal de manutenção da conta. Ainda oferece os seguintes serviços gratuitos por mês: transferências entre contas Neon, 1 transferência para outro banco, 1 depósito por boleto bancário e 1 saque na rede Banco 24 Horas.

Para abrir a conta, então basta acessar o site ou baixar o app para iOS.

Banco digital oferece simplicidade na execução dos serviços.

A fintech tem parceria com o Banco Votorantim.

Você sabe como funcionam os cartões virtuais? Então clique e confira!

5-) Next.me

Trata-se do banco digital criado pelo Bradesco. A empresa oferece taxa de manutenção da conta-corrente gratuita. Além disso, garante os seguintes benefícios por mês: transferências para contas Next e Bradesco ilimitadas, 1 DOC ou TED para outro banco, saques ilimitados nos caixas Bradesco ou na rede Banco 24 Horas.

Baixe o app do Next.me para Android ou ainda para iOS.

Banco digital Next.me tem diversos serviços à disposição do usuário.

O Next.me é o banco digital do Bradesco.

6-) Nubank (NuConta)

A fintech lançou seu cartão de crédito em 2014. Mas foi só em 2018 que virou um banco e passou a oferecer o serviço de conta-corrente. A taxa de manutenção mensal, assim como a maioria dos bancos digitais, é gratuita e a função débito do cartão deve entrar em fase de teste nos primeiros meses de 2019. Ainda disponibiliza gratuitamente os seguintes serviços por mês: TED e depósito por boleto.

Para abrir a NuConta, então é preciso acessar o site e preencher o cadastro.

Banco digital NuConta contará com cartão de débito.

A função de débito do cartão da fintech está em fase de teste.

7-) Pag!

A fintech é parte do Grupo Avista, um conglomerado financeiro. O banco digital proporciona taxa de manutenção gratuita. Também oferece os seguintes serviços mensais: saques na rede Banco 24 Horas, TED, emissão de boletos e pagamento de contas.

Baixe o app da Pag! para Android ou ainda para iOS.

Banco digital é alvo de investimentos por diversos grupos.

A startup faz parte do Grupo Avista.

E então, ficou curioso para saber a história dos bancos digitais Neon e Next? Assim é só conferir a matéria que fizemos sobre eles.

Para fechar em grande estilo, confira também as dicas que listamos para manter as finanças pessoais em dia por meio de aplicativos.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
FinançasUtilidades
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email