Meizu Zero: o primeiro smartphone sem entradas ou botões do mercado

Descubra como é o primeiro celular sem botões, nem saídas físicas de alto-falante, porta para carregamento ou entrada para cartão SIM do mercado!

27/02/2019 às 9:00

O ano começou animado no mundo da tecnologia. Logo no fim de janeiro de 2019, a fabricante chinesa Meizu anunciou o seu mais novo smartphone, o Meizu Zero. Mas, afinal, qual a grande novidade desse aparelho? Trata-se do primeiro modelo do mundo sem botões físicos (central ou lateral), entrada USB e nem saídas físicas do alto-falante ou fone de ouvido. Legal! Mas se não tem nada disso, como eu mexo no celular?

Então, os botões laterais físicos (usados normalmente para controlar o volume, além de ligar ou desligar) foram substituídos por botões virtuais, que são ativados ao detectar a pressão no local.

Na ausência da porta USB, o carregamento da bateria é feito por indução. A fabricante incluiu um carregador de 18W para garantir maior agilidade no processo. Dessa forma, o Meizu Zero se tornou o smartphone do mercado que carrega mais rápido sem a necessidade de estar ligado na tomada.

Carregamento de bateria do Meizu Zero é rápido e simples.

O carregamento é super-rápido e feito por indução.

Como me conecto?

O emprego do Bluetooth 5.0 vem para compensar a falta de conexões físicas e tornar as transferências mais rápidas e eficazes. Aliás, o mesmo vale para a tecnologia USB sem fios desenvolvida pela Meizu, que promete a mesma velocidade de troca de dados de uma USB 3.0.

Dá para ouvir música no Meizu Zero?

Para a reprodução de sons, a empresa optou pela tecnologia mSound 2.0, que dispensa o uso de alto-falantes. Exatamente: você não leu errado! Assim, é possível ouvir música e reproduzir sons sem caixas de som.

Isso é viável graças ao uso de um transdutor piezoelétrico, que vibra ao receber tensão elétrica e gera ondas sonoras. O conceito ainda utiliza o corpo do próprio dispositivo para propagar o som.

Meizu Zero não contém alto-falantes convencionais devido à sua tecnologia de som.

A tecnologia mSound 2.0 dispensa o uso de alto-falantes.

Falando nisso, o corpo do aparelho é feito de composto cerâmico, sem pontos de emenda, e possui proteção à prova d’água IP68 – que permite ficar submerso por meia hora, numa profundidade de até 1,5 m.

Meizu Zero não danifica submerso na água.

O Meizu Zero conta com proteção à prova d’água IP68.

UI adaptável e eSIM

Alguma vez você se deu conta de que seu celular não gira a tela na vertical? O motivo principal para que isso não seja possível são as aberturas fixas do microfone e alto-falante do aparelho. Porém, a tecnologia usada no Meizu Zero permite que a interface do usuário (UI) se adapte automaticamente. Portanto, a tela do celular está sempre na posição correta e não fica de ponta cabeça.

Mas se o Meizu Zero não tem entradas, como coloco o chip da Vivo para fazer chamadas? O smartphone utiliza a tecnologia eSIM – a mesma dos iPhones X. Sendo assim, o cartão vem embutido no aparelho e é ativado e configurado remotamente pela operadora.

Meizu Zero não possui entradas e conta com tecnologia igual à do Iphone X.

O smartphone utiliza a tecnologia eSIM – a mesma dos iPhones X.

Tem mais com o Meizu Zero!

Ainda não acabou! O aparelho ainda conta com leitor de impressão digital. O acessório vem integrado à tela AMOLED, de 5,99 polegadas (que confere resolução full HD+).

Quanto às câmeras, são três. A frontal garante resolução de 20 MP e detecção facial. Já as traseiras contam com 12 e 20 MP.

O sistema operacional do aparelho é o Android (sem versão definida, abaixo você entende o motivo). Da mesma forma, as especificações de armazenamento e capacidade de bateria também não foram anunciadas pelo fabricante. Entretanto, o processador escolhido para dar conta do funcionamento do dispositivo foi o Snapdragon 845, da Qualcomm.

Meizu Zero é uma inovação no mercado de smartphones.

O leitor de impressão digital vem integrado à tela AMOLED, de 5,99 polegadas.

Para quem ficou interessado em comprar o smartphone, o Meizu Zero está à disposição na plataforma de financiamento coletivo Indiegogo. Quem quiser uma unidade vai ter de desembolsar US$ 1.299 (cerca de R$ 4.840), com estimativa de entrega em abril de 2019.

A produção em série do produto ainda não tem data definida. Porém, a empresa deve se pronunciar em breve.

Meizu Zero inova em sua tecnologia diferenciada.

O Meizu Zero está disponível na plataforma de financiamento coletivo Indiegogo.

Especificações do Meizu Zero

  • Dimensões: 149,75 x 74,27 x 7,85 mm
  • Sistema operacional: Android (sem versão definida)
  • Processador: Snapdragon 845, da Qualcomm
  • Tela: AMOLED de 5,99 polegadas
  • Resolução: Full HD+
  • Armazenamento: não divulgado
  • Bateria: carregamento por indução (potência não divulgada)
  • Câmera frontal: resolução de 20 MP
  • Câmeras traseiras: 1 com resolução de 12 MP e outra de 20 MP
  • Conectividade: USB wireless 3.0 e Bluetooth 5.0
  • Segurança: reconhecimento facial e de impressão digital

Gostou da novidade? Curioso para saber quais as outras invenções do mundo dos smartphones para 2019? Então clique aqui e confira a matéria que fizemos com os principais lançamentos para o ano.

Se gosta de tecnologia, vale ler a reportagem sobre as marcas e celulares chineses mais populares entre os brasileiros.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
Tecnologiatelefonia móvel
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email