Inteligência Artificial na medicina: como robôs podem cuidar do seu corpo?

Saiba como a Inteligência Artificial chegou à medicina para cuidar da sua saúde e trazendo inovações que vão mudar sua vida!

12/09/2018 às 9:00

Quando pensamos em Inteligência Artificial, imaginamos robôs que imitam a forma humana, falantes e cheios de personalidade, vindos do futuro. Mas você sabia que não é bem assim que essa tecnologia funciona? Ela é muito mais corriqueira e presente na sua vida do que você imagina, principalmente no ramo da saúde!

Um robô nem sempre se parece fisicamente com uma pessoa. Isso porque, para ter esse nome, um sistema robótico precisa apenas cumprir algumas características. Como por exemplo, possuir microsserviços, pequenos softwares ou motores, agnósticos em execução permanente, autônomos entre si.

E, por ter função estritamente prática, o robô é feito na forma que mais convém para executar suas tarefas da melhor maneira possível. Assim, os robôs, principalmente os mais atuais, podem ser apresentados na forma de plataformas online. Ou até mesmo, aplicativos de celular, que de algum modo ajudam você a melhorar algum aspecto da sua vida.

A Inteligência Artificial se faz presente também nos apps de celular. (Imagem: Divulgação/Deepmind Health)

A Inteligência Artificial se faz presente também nos apps de celular.

Nesse sentido, os robôs vêm se mostrando cada vez mais presentes na área da saúde. A Inteligência Artificial chega para otimizar processos e trazer mais segurança na medicina, através de sistemas que em breve farão parte da sua vida de maneira definitiva.

Você toparia ter um robô auxiliando na sua cirurgia? Faria uma consulta médica via aplicativo? Aceitaria usar uma lente de contato especial para medir sua miopia ou tirar fotos para diagnosticar possíveis doenças nos olhos? Acredite, nada disso está longe da realidade nos hospitais brasileiros e pelo mundo. E tudo isso tem a ver com Inteligência Artificial.

Para saber mais sobre essas inovações e como elas vão mudar o modo com que você encara sua rotina médica, continue lendo esse artigo. A Inteligência Artificial já é uma realidade na medicina – e na sua vida!

Inteligência Artificial na saúde: o que já temos?

No campo da medicina, a Inteligência Artificial vem se mostrando presente de maneira massiva, com aplicativos, aparelhos e procedimentos que buscam tornar ainda mais seguro e eficaz o tratamento de quem precisa.

Apenas para citar algumas das novidades recentes, a Johnson & Johnson se uniu ao Google na criação do Da Vinci Surgical System.  O mecanismo ajuda o médico a realizar cirurgias delicadas e complexas sem que sejam invasivas. Veja no vídeo abaixo, como o sistema funciona.

A Verily, do Google, vem trabalhando em coleta de dados genéticos através de sistemas tecnológicos, em busca de descobertas sobre a saúde humana. Mas o projeto mais interessante do Google no ramo da Inteligência Artificial voltada para a saúde é provavelmente o Deepmind Health.

Usando o motor de internet do Google, o sistema processa toneladas de informações médicas em poucos minutos.  O que reduz drasticamente o tempo entre diagnóstico e início do tratamento. A gente sabe que, em alguns casos, isso pode ser determinante para salvar uma vida.

Revolução invisível

No Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, a Inteligência Artificial também se faz presente. A “revolução invisível”, como é chamada, atua por meio de aparelhos de imagem capazes de identificar problemas e enviar uma notificação para o operador da máquina, sem intervenção humana.

Além disso, alguns equipamentos mandam os sinais vitais do doente direto para o prontuário médico. Quer mais inovação? Os pacientes diabéticos recebem mensagem no celular, elaborada por robôs, lembrando-os da hora certa de tomar insulina.

Se trata de um novo jeito de cuidar da saúde. E um jeito muito mais agilizado e confiável. Com a Inteligência Artificial, seu médico é liberado de tarefas burocráticas como as citadas acima e tem mais tempo para um atendimento muito mais dedicado e próximo.

Laura: o robô cujo sistema antecipa e previne possíveis infecções hospitalares.

Laura: o robô cujo sistema antecipa e previne possíveis infecções hospitalares.

Outra inovação brasileira muito interessante é o robô Laura, que utiliza tecnologia cognitiva para identificar e diminuir as mortes causadas por Septicemia. A doença é uma infecção silenciosa que tirou a vida da filha do criador do projeto, Jacson Fressatto, quando ela tinha apenas 18 dias. O robô, batizado de Laura em homenagem à menina, é uma tecnologia de machine learning. Ele consegue “aprender, entender e conversar” com diversas áreas dos hospitais para analisar riscos e antever a ocorrência da infecção.

O robô brasileiro que faz exames de vista

E Laura não está sozinha no esquadrão de robôs brasileiros criados para o bem da saúde.

O robô Adam, criado pela startup curitibana Prevention, vem para ajudar aqueles que sofrem com problemas de vista. Com a missão de oferecer testes de visão rápidos e precisos, Adam aposta nos conceitos mais avançados de Inteligência Artificial em um equipamento leve, simples e com custo acessível.

Adam é o robô brasileiro que usa Inteligência Artificial para diagnosticar doenças de visão.

Adam é o robô brasileiro que usa Inteligência Artificial para diagnosticar doenças de visão.

O projeto visa levar os exames de vista para a população que sofre com a falta de acesso a eles. Com seu formato portátil e seu custo reduzido, o robô acrescenta o aspecto humanitário em sua função, e ficou entre os 15 melhores do mundo na Imagine Cup 2018 da Microsoft, a maior competição internacional de inovação do mundo.

O robô Adam consegue identificar, em no máximo cinco minutos, problemas oftalmológicos como miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia (vista cansada). O robô é fabricado e comercializado em Curitiba, onde inclusive já foi utilizado em Mutirões da Cidadania da Prefeitura. Eventos onde são oferecidos exames gratuitos para a população. O produto pode ser comprado ou alugado pelo telefone (41) 3262-2180, no site ou ainda na sede da startup, em Curitiba.

A título de curiosidade, a campeã da Imagine Cup 2018 da Microsoft foi a canadense SmartArm. A startup criou e apresentou uma prótese robótica de mão. Ela usa uma câmera embutida para reconhecer objetos e calcular a pegada mais apropriada. Através da Inteligência Artificial, quanto mais o equipamento é usado, mais preciso ele se torna.

E o futuro?

Quando falamos em Inteligência Artificial, o futuro é agora, e acontece enquanto estamos aqui pensando nele. Quer um exemplo? Nesse exato momento, gigantes da tecnologia como Google, IBM, Microsoft e Apple investem no desenvolvimento de programas direcionados a acelerar o diagnóstico, monitorar e tratar patologias.

Essas mesmas patologias, aliás, podem ser descobertas com a integração e análise de dados sobre o paciente. Coletados não apenas com exames ou fichas médicas, mas também no cotidiano com dispositivos eletrônicos, bots ou no celular. Desse modo, quanto mais dados estiverem na nuvem, melhores se tornarão as máquinas em recomendar o tratamento para cada caso. Uma vez que terão aprendido com inúmeros outros relatos médicos que tiveram acesso.

Assim, ganha a medicina, com um processo mais otimizado, certeiro e seguro. E ganha o paciente, com a agilidade que faz diminuir o processo todo entre diagnóstico e cura. E ganha toda a sociedade, com uma medicina mais inteligente, prática e eficaz.

Com a Inteligência Artificial, seu tempo no hospital pode ser muito menor. (Imagem: Divulgação/Deepmind Health)

Com a Inteligência Artificial, seu tempo no hospital poderá ser muito menor.

E você? Está pronto para ter a Inteligência Artificial cada vez mais presente na sua vida? Seja no consultório médico ou nas salas de aula, a IA já é uma realidade em muitos países, assim como no Brasil.

Então, faça seus exames, cuide da sua saúde e saiba, sempre haverá um robô por perto para ajudar seu médico a cuidar de você. E isso é incrível!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email