Google Pixel: o celular da Google que pretende vencer o iPhone

O celular da Google quer ser concorrente do iPhone. O Google Assistente, também conhecido como assistente do Google, pode se tornar um aliado.

07/07/2017 às 14:34

Em outubro de 2016, a Google anunciou dois modelos de Android que não utilizavam a marca Nexus, o Google Pixel e Google Pixel XL.

Quase um ano depois, a empresa está aperfeiçoando o produto – que ainda não está disponível no Brasil – e reforçando seu posicionamento estratégico: ultrapassar o iPhone no que diz respeito à vendas, qualidade e atendimento ao cliente.

Possíveis especificações do Google Pixel 2 e Pixel 2 XL vazam na web

Para atingir esse objetivo, o Google contratou  Manu Gulati, um arquiteto de chips que trabalhou na Apple por oito anos, e criou um adaptador chamado Quick Switch Adapter, que transfere todos os dados do celular da pessoa para o Pixel. 

Dessa forma, os usuários de iPhone, por exemplo, conseguem transferir fotos, vídeos, contatos, aplicativos de forma rápida e sem grandes esforços.

Quick Switch Adapter

Quick Switch Adapter criado pelo Google

Mas esses argumentos serão suficiente para os amantes de iPhone?

Dieter Bohn, colaborador do The Verge, não tem resposta, mas acredita que o celular da Google precisa oferecer algo muito bom para vencer a soberania do iPhone. 

“A Google precisa oferecer algo que faça com que a dor da mudança seja trivial em comparação ao benefício do novo. Algo como o Google Assistente”, sugere.

O que é Google Assistente?

O Google Assistente, também conhecido como assistente da Google, é um chatbot (ou um programa de computador) que tenta simular um ser humano se você utiliza o aplicativo Allo, a Siri ou a Cortana, criada para o Windows 10, sabe do que estou falando.

Vamos a fundo. Quando você, usuário, pressiona o botão home do seu celular ou diz “Ok Google” e faz uma pergunta, o programa consulta uma base de conhecimento e devolve uma resposta bem parecida com uma resposta dada por um ser humano.  

De acordo com Bohn, o Assistente do Google é o melhor chatbot do mercado.

” O Google Assistente acerta quase toda vez, mesmo em ambientes com ruídos, e mesmo quando minha conexão de dados não é muito boa.”, finaliza Bohn em review do Pixel XL publicada pelo The Verge.

Se a intenção do Google é iniciar uma disputa com a Apple, o Google Assistente poderá ser essencial.


Fonte: The Verge, Variety
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email