100% nacional: conheça os games brasileiros de maior destaque

A produção nacional de games vem aumentando. Quer saber quais são os jogos brasileiros que mais têm se destacado no mercado? A gente conta tudo!

16/07/2018 às 17:00

O perfil do gamer brasileiro vem mudando. Dos últimos anos para cá, a indústria nacional de jogos virtuais se transformou e segue crescendo. Atualmente, existem no Brasil cerca de 375 empresas produzindo games. É um crescimento de 180% quando comparado a 4 anos atrás. Dessa forma, significa um salto gigantesco na quantidade, qualidade e variedade dos jogos disponíveis no mercado.

O horizonte dos games brasileiros se amplia e se diversifica, inclusive na questão de gênero. Assim, segue abrindo espaço para o público queer e feminino. Tais evoluções fazem a indústria brasileira de games, bem como a da América Latina como um todo, despontar no cenário por seus estúdios cada vez mais profissionais.

Games brasileiros

A seguir, listamos os jogos de maior destaque na cena gamer brasileira atual. Você ficará por dentro dos principais títulos e estúdios brasileiros. Além disso, descobrirá mais sobre o panorama gamer no Brasil. Vamos lá?

1-) Dandara

Games: conheça os jogos brasileiros de maior destaque.

Dandara é brasileira!

O Dandara foi produzido pelo estúdio mineiro Long Hat House, formado por João Brant e Lucas Mattos. É um game cuja intenção é oferecer a experiência de um metroidvania (subgênero baseado na navegação de espaços 2D). Dessa forma, funciona em telas de toque, com um sistema de controle que contorna a barreira da interface.

O game foi desenvolvido dessa maneira porque a personagem que dá nome ao jogo se movimenta indo em direção às superfícies dos cenários (chão, teto ou paredes). Aliás, isso corre a partir de toques simples — o jogo não usa direcionais ou botões de ação.

Os controles inteligentes e suaves de Dandara são apenas algumas das qualidades desse jogo. O visual 2D, criado por Victor Leão, é charmoso, com forte influência da estética 16-bit. Aliás, a temática enaltece o folclore brasileiro. Já a trilha sonora é assinada por Thommaz Kauffmann.

O Long Hat House é um estúdio pequeno e cheio de ideias. No site deles, você pode ficar por dentro de todos os seus lançamentos futuros. Já o jogo Dandara você pode adquirir aqui.

2-) Chroma Squad

Games: conheça os jogos brasileiros de maior destaque.

Gerencie a produção de um programa de TV com o Chroma Squad!

Lançado em 2015, o Chroma Squad é game de RPG tático desenvolvido pelo estúdio brasileiro Behold Studios, em associação com Bandai Namco Entertainment e BANDAI NAMCO Entertainment America.

O Behold Studios fica em Brasília e possui vasta experiência em títulos “indie” lançados para PC. Entre eles o elogiado Knights of Pen & Paper. Aliás, a empresa também desenvolveu jogos mais básicos para mobile, como Save My Telly e Super Cutes, estes lançados para Android e iOS.

Já o Chroma Squad é uma iniciativa única dos brasilienses. No jogo, você precisará administrar uma produtora independente de TV, formada por ex-dublês de Power Rangers ou Changeman. Cuidando da produção de um novo show desse gênero, você terá a responsabilidade de contratar atores, definir figurinos e personagens de cada um nas séries.

Além disso, dá para comprar equipamentos, monitorar as críticas dos fãs e, por fim, gravar os episódios e lutar com a concorrência. Tudo isso no modo multiplayer, em uma grande missão dentro do show business.

Para colocar o Chroma Squad na rua, o Behold Studio apostou em um financiamento coletivo no Kickstarter. Aliás, é uma saída interessante para os estúdios que precisam de um incentivo financeiro para crescer. No caso do Chroma Squad, deu mais do que certo. Dentro do tempo previsto, o estúdio atingiu o dobro da meta de R$ 55 mil para desenvolvimento e distribuição do jogo. Baixe aqui o Chroma Squad.

3-) Ballistic Overkill

Games: conheça os jogos brasileiros de maior destaque.

Tiro, porradaria e bomba em Ballistic Overkill!

O Ballistic Overkill é um jogo brasileiro desenvolvido e lançado em março de 2017 pelo Aquiris Game Studio em colaboração com o Green Man Gaming. Empresa de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a Aquiris é responsável também por jogos para o Cartoon Network, como The Great Prank War e Copatoon.

O Ballistic Overkill é o lançamento mais ambicioso do estúdio gaúcho, que visa trazer com seu título um game de qualidade para o gênero de tiro. Além disso, o jogo marca o retorno de uma série que nasceu no Facebook, e agora ressurge otimizada para PCs, se beneficiando da estrutura mais potente e dos gráficos mais apurados dessa plataforma.

Basicamente, o Ballistic Overkill é um game de tiro em primeira pessoa no esquema jogador contra jogador. Multiplayer, conta com mais de 80 armas, sete classes, 10 mapas e quatro modos de jogo, que vão de “mata-mata” a “capture a bandeira”, entre outros.

Distribuído de forma exclusiva no Steam (encontre aqui), o jogo tem compatibilidade com o Mercado Steam e conquistas da plataforma. Você pode também convidar seus contatos da lista da rede da Valve ou jogar com desconhecidos. Assim, o download não pesa muito e, mesmo com requisitos mínimos, é um jogo que roda com facilidade até nas máquinas mais simples.

O Aquiris Game Studio promete novidades ainda para esse ano. Aliás, fique por dentro visitando o site.

4-) Rocket Fist

Games: conheça os jogos brasileiros de maior destaque.

O Rocket Fist é o primeiro lançamento brasileiro para Nintendo Switch.

Daniel Snd é responsável pela programação e design. Thiago Adamo assina a trilha musical de Rocket Fist, o primeiro game brasileiro no Nintendo Switch. Lançado em 2017, o jogo é fruto da parceria do programador e do produtor musical com o estúdio Bitten Toast Games Inc.

Rocket Fist é um jogo peculiar, que mistura Battle Arena com Queimada. Nele, você controla um robô recém-construído que foi trancado em arenas para batalhas insanas, atirando seus “punhos de foguetes” nos inimigos.

Com pegada oitentista, o game tem um visual que cativa já no play inicial. Seu programador, Daniel, conta que o jogo surgiu como um pequeno protótipo para o PS Vita. Aliás, a ideia inicial era fazer um game multiplayer onde cada jogador segurava um dos lados do aparelho. No entanto, o projeto cresceu. A ideia original, mais simples, acabou criando corpo e virando um jogo de verdade. Você acha o Rocket Fist no Steam.

Conhecer, consumir e apoiar a cena brasileira de games é fundamental para que ela continue crescendo! Desvende os 4 mitos dos gamers brasileiros e continue com a gente para mais novidades sobre o assunto.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
EntretenimentoGames
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email