Réveillon: aprenda a fotografar fogos de artifício com o celular

Mostramos aqui as melhotes técnicas para tirar boas fotos dos fogos de artifício do Ano Novo usando apenas o seu celular!

28/12/2018 às 9:00

Fim de ano é tempo de fogos de artifício! Tradicional em muitos países do mundo, a queima de fogos celebra o encerramento de uma etapa e o começo de outra. E, como deve ser, muita gente quer guardar esse momento inesquecível para sempre. Por isso, saber tirar boas fotos é essencial.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

É possível fazer fotos perfeitas dos fogos de artifício usando apenas o celular.

O celular é um bom aliado nessa história. Isso porque os modelos atuais contam com diversos recursos que facilitam a captação das imagens, sobretudo à noite. No entanto, para conseguir um bom clique é essencial mexer em algumas configurações do aparelho. Muitas delas variam de acordo com a marca e o modelo.

Mas a boa notícia é que existe um caminho para garantir fotos perfeitas! Te mostramos aqui um tutorial de como clicar fogos de artifício para fotógrafo nenhum colocar defeito. Vamos conosco?

1. Escolha um bom lugar

Tente descobrir com antecedência exatamente onde vai acontecer a queima de fogos. Um bom posicionamento é importante para conseguir ter um clique de qualidade. Dê preferência a locais mais altos e menos cheios. Assim, ninguém fica na sua frente e você ainda pode se movimentar à vontade.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

A sua localização é importante para garantir um bom ângulo dos fogos.

Além disso, o fato de ter menos gente evita possíveis esbarrões e, consequentemente, aquelas fotos tremidas. Mantenha as mãos firmes para garantir boas fotografias. Investir em um tripé é uma boa alternativa – há modelos em conta no mercado, que irão facilitar a sua vida na hora de fotografar.

2. Não use o flash para fogos de artifício

flash não é bem-vindo no caso dos fogos de artifício. O motivo é simples: como vamos fotografar algo com muita luz, iluminar ainda mais pode deixar o céu muito branco e ainda fazer com que os fogos fiquem opacos.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

Não use flash para fotografar os fogos de artifício.

Outro impedimento é o alcance. Tudo vai acontecer em uma distância muito grande. Por isso, o flash do seu celular não é potente o suficiente para chegar até lá. Ele só ilumina poucos metros à sua frente.

3. Evite o zoom

Usar o zoom da câmera para tirar fotos mais fechadas dos fogos de artifício não é uma boa ideia. Além de perder elementos importantes da cena, a qualidade da imagem pode ficar comprometida.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

Evite fazer zoom na hora de fotografar.

O melhor é clicar, mesmo de longe, e depois fazer o recorte desejado na edição. Aliás, é possível realizar isso do próprio celular. Basta ir até a galeria de fotos e selecionar a opção “Editar”. Caso queira algo mais avançado, vale recorrer a programas como o Photoshop (nessa matéria que fizemos há uma lista de cursos online).

4. Pense em uma boa composição

Tente incorporar elementos da paisagem na foto. Se estiver perto de uma construção legal, por exemplo, é uma boa opção enquadrá-la. Ou então na praia, pois a luz dos fogos costuma repetir na água do mar. O efeito pode ficar ainda melhor!

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

Tente enquadrar a paisagem ao redor.

5. Regule a velocidade do obturador

O obturador da câmera é um dispositivo que abre e fecha. Ele é o responsável por controlar o tempo de exposição do sensor do aparelho à luz. Ou seja, define a quantidade de elementos que irá compor a imagem. No caso dos fogos de artifício, não pode ser um período muito curto por conta do movimento que eles fazem no céu.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

No Galaxy Note 9, da Samsung, é possível controlar a velocidade do obturador.

Nem todas as câmeras oferecem a possibilidade de regular a velocidade do obturador – o recurso está disponível apenas nos modelos mais atuais. No entanto, há aplicativos que garantem todos os recursos presentes no “modo manual” das câmeras de fotografia. Dois bons exemplos são Slow Shutter Cam, para IOS, e o Camera FV-5 Lite, para Android.

6. Ajuste o ISO

Alguns smartphones mais atuais permitem o ajuste do ISO, que é a sensibilidade do sensor da câmera em relação à luz. Caso o seu não tenha, vale recorrer aos apps mencionados acima.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

Colocar o ISO na marca de 100 evita que as fotos fiquem granuladas.

O ideal é colocá-lo na marca de 100, pois os fogos de artifício têm muita luz. Dessa forma, você evita que tudo se transforme em um borrão branco.

7. Controle o diafragma

O diafragma é o tamanho da abertura das lentes de uma câmera, por isso define a quantidade de luz que chegará ao seu sensor. Nos smartphones mais novos também é possível controlar esse recurso. Quem tem um aparelho mais antigo, porém, também, pode se beneficiar dos aplicativos que indicamos mais acima.

Dessa forma, vá até o menu que controla o diafragma e escolha a opção f16 – ou a menor abertura disponível. Lembrando que a relação é inversamente proporcional. Ou seja, quanto maior o número, menor a abertura.

8. Conte com a ajuda de apps para fotos noturnas

Há diversos apps que contribuem para fotos noturnas melhores. A vantagem é que possuem recursos capazes de regular a quantidade de luz. Duas opções bastante indicadas são o Moonlight, para iOS, e o Night Camera, disponível para Android.

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

Apps para fotos noturnas, como o Moonlight, contam com diversos recursos especiais.

Ambos permitem ajustes disponíveis no modo manual das câmeras, como controle da velocidade do obturador e a regulagem do ISO. Além disso, contam com filtros que “iluminam” as imagens. Os recursos funcionam bem tanto para fotos mais aproximadas quanto distantes. Por isso, são boas opções para fogos de artifício.

9. Se tiver um tripé, evite tocar no obturador

Dá para acionar o botão da câmera com o fone, sabia? Se ela estiver em um tripé, isso evita que o smartphone trema e prejudique as fotos. O timer também pode ser uma boa opção!

Fogos de artifício: aprenda a fotografar com o seu celular.

Você pode usar o fone de ouvido para fazer a foto dos fogos sem tocar no aparelho. Isso evita que o clique fique tremido.

E aí, o que achou das dicas? Tudo pronto para a virada do ano? Enquanto ainda está na contagem regressiva, aproveite para ler uma reportagem que fizemos com dicas especiais para garantir fotos melhores no dia a dia.

E caso sobre um tempinho, vale fazer um curso de fotografia disponível na internet. Há várias opções gratuitas (clique aqui para conferir a lista).

Aliás, continue conosco por aqui para mais conteúdos como esse! E feliz Ano Novo!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
EntretenimentoFotografia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email