Demorou mas chegou: Epic Games anuncia Fortnite para Android

As inscrições para testar a versão beta de um dos principais títulos do gênero Batalha Royale estão abertas no site da Epic Games.

10/08/2018 às 17:00

Depois de meses de espera, a versão beta de Fortnite, um dos principais títulos do gênero Batalha Royale, finalmente chegou para Android. O pronunciamento sobre a atualização ocorreu durante o evento Samsung Unpacked, no dia 9 de agosto de 2018, e foi reforçado pelo Twitter da Fortnite Brasil.

Entretanto, em um primeiro momento, apenas usuários da linha Galaxy poderão baixar o jogo. Isso porque a Epic Games, desenvolvedora do jogo, se uniu com a Samsung para tornar a versão Android do Fortnite exclusivo para os modelos “top de linha” da corporação sul-coreana. Portanto, somente a partir do dia 12 de agosto a versão será aberta para outros dispositivos Android.

Se você possui um celular da linha Galaxy, acesse o site da Epic Games para fazer download do Fortnite. Melhor dizendo, para se inscrever e entrar na lista de pessoas que desejam experimentar o jogo no Android. Afinal, ao contrário do iOS, Fortnite não será oferecido via Google Play. Logo após você realizar a inscrição, um link com instruções sobre como baixar e jogar chegará no seu e-mail.

Deste modo, a Epic Games adiciona mais um sistema operacional à lista de plataformas que rodam Fortnite:  Windows, macOS, PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch, iOS e, por fim, Android. Inclusive, confira em seguida a lista de modelos de celular que aceitarão o jogo.

Celulares Android que vão rodar Fortnite

Samsung Galaxy

  • S7 / S7 Edge
  • S8 / S8+
  • S9 / S9+
  • Note 8
  • Note 9
  • Tab S3
  • Tab S4

Google

  • Pixel
  • Pixel XL
  • Pixel 2 / Pixel 2 XL

Asus

  • ROG Phone
  • Zenfone 4 Pro
  • 5Z
  • V

Essential

  • PH-1

Huawei

  • Honor 10
  • Honor Play
  • Mate 10 / Pro
  • Mate RS
  • Nova 3
  • P20 / Pro
  • V10

LG

  • G5
  • G6
  • G7 ThinQ
  • V20
  • V30 / V30

Nokia

  • 8

OnePlus

  • 5 / 5T
  • 6

Razer

  • Phone

Xiaomi

  • Blackshark
  • Mi 5 / 5S / 5S Plus
  • 6 / 6 Plus
  • Mi 8 / 8 Explorer / 8SE
  • Mi Mix
  • Mi Mix 2
  • Mi Mix 2S
  • Mi Note 2

ZTE

  • Axon 7 / 7s
  • Axon M
  • Nubia / Z17 / Z17s
  • Nubia Z11

Fortnite é bom?

Fortnite é uma fusão de MinecraftPlayerunknown’s Battlegrounds, popularmente conhecido como PUBG, um dos primeiros títulos no estilo “Batalha Royale”. Foi desenvolvido pela Epic Game em 2103 e quase cinco anos depois de seu lançamento, possui conquistas impressionantes. Em novembro de 2017, por exemplo, alcançou mais de 20 milhões de jogadores em todas as plataformas. Portanto, sim, Fortnite é bom. No entanto, só experimentando o jogo para saber se você realmente vai gostar.

Em síntese, Fortnite começa quando cem jogadores caem de paraquedas em uma ilha com um objetivo em comum: matar os outros jogadores. Ou seja, ganha o último jogador ou time que sobreviver (qualquer semelhança com Jogos Vorazes não é mera coincidência). Para forçar os encontros entre quem está jogando, a área de jogo diminui progressivamente até finalmente confinar os sobreviventes a um espaço cada vez menor. 

E Batalha Royale, o que é?

Em contrapartida, Batalha Royale, tradução de Battle Royale, é um estilo de jogo que vem ganhando bastante destaque no mercado. Uma vez que mistura três grandes elementos: sobrevivência, exploração e coleta de recursos e equipamentos.

Além desses três elementos, as formas de disputas (individualmente, contra outros jogadores ou em pequenos esquadrões) também são instigantes e justificam a popularidade do gênero. Entre os títulos mais conhecidos estão o próprio Fortnite, bem como PUBG Mobile e Bullet Strike: Sniper Battlegrounds.

Imagem do jogo PUBG, um dos principais do gênero Batalha Royale.

O gênero Batalha Royale é baseado no romance japonês de 1999.

Inclusive, há pessoas que acreditam que o termo “Battle Royale” surgiu a partir de Arma 2, um jogo de simulação militar. No entanto, o nome surgiu a partir de um livro escrito pelo japonês Koushun Takami. Publicado em 1999, a obra conta a história de alunos do ensino médio que são forçados a lutar um contra o outro até a morte em um programa administrado por um governo totalitário japonês.

Pesado, não é mesmo? Tão pesado que, de acordo com o Estadão, a obra despertou inúmeras discussões, especialmente sobre o comportamento humano em situações-limite. Como se não bastasse, inspirou um filme igualmente violento, dirigido por Kinji Fukasaku e estrelado por Takeshi Kitano, e uma adaptação para mangá.

Quer saber mais sobre games? Então, descubra quais são os jogos online mais vendidos da Steam em 2018

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
AndroidGamesjogos mobile
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email