Fórmula E está de volta, com carros novos e mais velozes

Fórmula E, categoria de corridas com monopostos elétricos, inicia sua quinta temporada com muitas novidades.

07/01/2019 às 9:00

Já iniciou a temporada 2018/2019 da categoria de monopostos com propulsão inteiramente elétrica. Aliás, a Fórmula E é gerida pela FIA (Federação Internacional do Automobilismo) e é ponta de lança das corridas de automóveis em um novo campo de desenvolvimento: os carros elétricos.

Desde a primeira corrida, tudo foi sempre muito high tech na Fórmula E. Contudo, nesta temporada, a tecnologia está com maior ênfase: os carros são novos, mais potentes, ainda mais velozes e com bateria de maior duração.

Conheça os novos carros da Fórmula E.

Fórmula E tem várias inovações tecnológicas, que garantem maior velocidade aos carros elétricos.

Assim, depois de quatro temporadas com o mesmo modelo de carro, que tinha bateria de duração limitada, a competição mudou. Antes, os pilotos precisavam mudar de carro no meio de cada prova. No entanto, agora isso não é mais necessário. O novo carro tem bateria suficientemente para aguentar a corrida, que é composta de 45 minutos mais uma volta.

Gen2 da Fórmula E tem novo design

O novo carro, chamado de Gen2, incorpora um design com uso obrigatório por todas as equipes. Entretanto, as equipes têm liberdade para desenvolver os seus próprios componentes internos para o motor. Desse modo, ainda é livre o trabalho em inversores, caixas de câmbio, suspensões e nos softwares utilizados para controle dos diversos componentes.

Aliás, a bateria é um grande avanço. No Gen1, ela tinha capacidade de armazenamento de 28 kWh, enquanto a nova armazena 54 kWh. Em síntese: agora há energia suficiente para uma corrida. Dessa maneira, as novas baterias proporcionam maior potência.

Conheça os novos carros da Fórmula E.

Novo carro da Fórmula E tem aerodinâmica sofisticada e uma bateria de longa duração.

Além disso, com o carro antigo a potência máxima era de 180 kW (ou 244 HP) e agora ela é de 200 kW (268 HP). Em suma: a velocidade dos carros pode ser bem maior. Eventualmente nos treinos classificatórios os pilotos podem usar potências de 250 kW, cerca de 317 HP. Enfim, tudo isso em um carro muito leve, de 585 quilos, dos quais 380 quilos são da própria bateria.

Modo de ataque como no Mario Kart

Outra novidade importante na Fórmula E para esta temporada é o chamado modo de ataque, que os pilotos podem usar duas vezes durante cada corrida. É algo inspirado no videogame Mario Kart. Ao passar por uma seção definida da pista, fora do traçado ideal, o piloto ganha um acréscimo de potência de 25 kWh durante dois minutos. Assim, são cerca de 32 HPs a mais, que permitem várias ultrapassagens.

Aliás, há ainda outra maneira que os pilotos têm para ganhar temporariamente mais potência. É o chamado Fanboost. Esse empurrão extra fica à disposição dos cinco pilotos mais votados nas redes sociais da Fórmula E até a véspera de cada corrida. Portanto, você pode votar em seu favorito! Quem ganhar Fanboost pode apertar um botão que proporciona mais energia (entre 240 e 250 kWh) uma vez durante a corrida.

O carro Gen2 da Fórmula E usa um halo ao redor do cockpit, igual ao utilizado na Fórmula 1. Entretanto, na categoria elétrica o halo possui uma faixa de LED ao seu redor. Ele serve para informar o público sobre o modo de potência utilizado pelo piloto. No modo normal, o halo não se ilumina, mas ele fica azul quando o piloto utiliza o modo de ataque, e vermelho quando ele usa o Fanboost.

Se interessa por carros? então clique aqui e saiba mais sobre carros autônomos. 

Conheça os novos carros da Fórmula E.

Corrida inaugural da temporada 2018/2019 aconteceu na Arábia Saudita.

A força dos pilotos brasileiros

Aliás, o Brasil é muito forte na Fórmula E. Tanto que teve dois dos quatro campeões das temporadas já realizadas. Nelson Piquet Jr. foi o primeiro campeão de categoria, e Lucas Di Grassi também conquistou o título. Os dois outros campeões são o suíço Sebastién Buemi e o francês Jean Éric Vergne, atual detentor da coroa de campeão.

Não só Piquet como também Di Grassi seguem na categoria, que na nova temporada passa a contar ainda com mais um piloto brasileiro: Felipe Massa. Ex-Fórmula-1, Felipe Massa compete pela equipe Venturi e se torna assim um dos principais astros da categoria.

O novo campeonato começou em 15 de novembro com prova na Arábia Saudita. O vencedor da corrida foi o português Antonio Félix da Costa, da equipe BMW-Andretti.

Conheça os novos carros da Fórmula E.

Português Antonio Félix da Costa venceu a primeira prova da temporada.

Dos brasileiros, o melhor colocado foi Di Grassi, na nona colocação, enquanto Piquet ficou em décimo. Massa andou mais na frente, contudo caiu na classificação depois de ser penalizado com um drive through (passagem extra pelos boxes). Não foi o resultado esperado, mas os três têm potencial para melhorar muito durante as demais provas da temporada.

Vale a pena conhecer os países que competem na Fórmula E, as equipes e seus pilotos, além de alguns fatos importantes:

Equipes da Alemanha

Audi Sport ABT Schaeffler Formula E Team, com os pilotos Lucas Di Grassi (número11), do Brasil, e ainda Daniel Abt (66), da Alemanha.

BMW i Andretti Motorsport, com os pilotos: do Reino Unido, Alexander Sims (27) e de Portugal António Félix da Costa (28), aliás o vencedor da primeira corrida da temporada.

HWA Racelab (semioficial da Mercedes Benz, aliás), com os pilotos Stoffel Vandoorne (5), da Bélgica, e Gary Paffet, (17), do Reino Unido.

Equipe da China

DS Techeetah, com os pilotos André Lotterer (28), da Alemanha, e Jean-Eric Vergne (25), da França, o atual campeão. Aliás, Vergne foi o mais rápido na primeira corrida e só terminou em segundo por causa de uma punição.

Conheça os novos carros da Fórmula E.

O campeão Vergne e Lotterer, pilotos da chinesa Techeetah, que iniciou a temporada com os carros mais rápidos.

Equipes do Reino Unido

Envision Virgin Racing, com os pilotos Sam Bird (2), do Reino Unido, e Roberto Frijns, (4) da Holanda.

NIO Formula E Team, com os pilotos Tom Dillmann (8), da França, e Oliver Turvey(16), do Reino Unido.

Panasonic Jaguar Racing, com os pilotos Nelson Piquet Jr. (3), do Brasil, e Mitch Evans (20), da Nova Zelândia.

Equipe dos EUA

GEOX Dragon Penske, com os pilotos Maximilian Günther (6), da Alemanha, e José Maria Lopez (7), da Argentina.

Equipe da Índia

Mahindra Racing, com os pilotos Jerôme d’Ambrosio (64), da Bélgica, e Pascal Wehrlein (94), da Alemanha.

Equipe do Japão

Nissan e.Dams, com os pilotos Oliver Rowland (22), do Reino Unido, e Sébastien Buemi (23), da Suíça.

Equipe de Mônaco

Mónaco Venturi Formula E Team, com os pilotos Felipe Massa (19), do Brasil, e Edoardo Mortara (48), da Suíça.

Conheça os novos carros da Fórmula E.

O brasileiro Felipe Massa é a nova grande atração da Fórmula E.

Quer conhecer todos os 22 pilotos? Confira nesta página.

Agora, só falta você se programar para assistir as 12 provas da Fórmula E desta quinta temporada. Os canais esportivos da Fox têm a exclusividade da transmissão das corridas:

2ª etapa – ePrix de Marrakech – Marrocos – 12/01/2019;

3ª etapa – ePrix do Chile – 26/01/2019;

4ª etapa – ePrix da Cidade do México – México – 16/02/2019;

5ª etapa – ePrix de Hong Kong – Hong Kong – 10/03/2019;

6ª etapa – ePrix de Sanya – China – 23/03/2019;

7ª etapa – ePrix de Roma – Itália – 13/04/2019;

8ª etapa – ePrix de Paris – França – 27/04/2019;

9ª etapa – ePrix de Mônaco – Mônaco – 11/05/2019;

10ª etapa – ePrix de Berlim – Alemanha – 25/05/2019;

11ª etapa – ePrix de Zurique – Suíça – 09/06/2019;

12ª etapa – ePrix de Nova Iorque (Corrida 1) – EUA – 13/07/2019;

13ª etapa – ePrix de Nova Iorque (Corrida 2) – EUA – 14/07/2019.

Ainda mais uma informação importante: a partir desta temporada a Fórmula E passa a ter corridas de apoio. São disputadas com carros Jaguar iPace. Há dois brasileiros na equipe Jaguar Brasil: Sérgio Gimenez, que terminou em segundo na prova da Arábia Saudita, e Cacá Bueno, que foi o quarto classificado. Certamente os dois vão brigar pelo título. Quer saber mais sobre Fórmula E? Então, clique aqui e confira!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
EntretenimentoTecnologia
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email