Ex-combatente está desenvolvendo drone comestível para campos de guerra

Pouncer ainda não é uma realidade, mas já é perfeito para os campos de guerra.

O engenheiro Nigel Gifford, que completou mais de 1.000 saltos de paraquedas, teve um trabalho que você provavelmente nunca ouviu falar: como capitão no Exército britânico, seu trabalho era alimentar soldados em ambientes hostis.

Dada a sua especialidade, após a aposentadoria, o exército pediu sua ajudar para desenvolver um drone que pudesse entregar comida. Gifford, então, projetou o que ele chama de Pouncer, um zangão de asa fixa que não é apenas carregará comida, mas será feito de comida.

Enquanto ele ainda está trabalhando para descobrir qual material comestível fará a melhor estrutura de asa, ele decidiu que outros elementos estruturais podem ser feitos de madeira, que pode ser queimado como combustível e a pele será feita a partir de um material não especificado que pode ser integrado em um abrigo.

Windhorse Aerospace from Windhorse Aerospace on Vimeo.

Parece exagerado, mas a empresa da Gifford, Windhorse Aerospace, afirma que um único Pouncer fornecerá um dia de comida para 50 pessoas, custará £ 500 (USD $ 672) cada, e entregará com uma precisão de 7 metros.


Fonte: Core77


Veja mais sobre