O que colocar no resumo do LinkedIn? Confira nossas dicas

A princípio, fazer o resumo do LinkedIn parece ser uma tarefa simples. No entanto, pode ser bem complexa e desafiadora. Por isso, confira nossas dicas!

19/12/2018 às 9:00

O resumo do LinkedIn pode ser entendido como uma seção para exibir informações que você deseja que as pessoas vejam imediatamente. Ou seja, o lugar que você expressa seus valores, competências e especialidades às pessoas que visualizam seu perfil. Confira a imagem para entender onde ele fica localizado:

Dicas para resumo do LinkedIn.

Perfil de Veronica Oliveira como um dos exemplos de resumo profissional no LinkedIn.

Como você pôde perceber, é uma seção fácil de ser encontrada, mas bem difícil de ser criar de forma adequada. Afinal, escrever um resumo é uma tarefa desafiadora. E se torna ainda mais quando fala sobre quem somos, ou sobre nossa carreira profissional.

Sempre parece que alguma informação fundamental foi deixada de lado, que o vocabulário utilizado está muito simples ou a abordagem rebuscada demais.

Por entendermos isso, resolvemos ajudar você a elencar o que deve e o que não deve estar no resumo do LinkedIn. Mas, saiba que não existe uma receita pronta. O que você encontrará a seguir serão dicas valiosas com base em perfis considerados Influencers pela própria plataforma.

Escolha boas referências

Referência é tudo. Porque, de fato, pesquisar o que está sendo feito – e de que forma está sendo feito – por outras pessoas enriquece ideias, expande as capacidades de criação e, de certa forma, valida o que você já tem previamente planejado.

Portanto, na hora de decidir o que colocar no resumo do LinkedIn, procure por boas referências. Em outras palavras, encontre o perfil de pessoas que você admira e observe que tipo de informação elas colocam no resumo.

Ou seja, de que forma estruturam o texto; se optaram por escrever em primeira, segunda ou terceira pessoa. São esses tipos de detalhes que ajudarão você a esboçar o que deseja inserir no resumo do LinkedIn.

Referência existe para ajudar

Mas, lembre-se: procure por pessoas que possuem o mesmo objetivo profissional que o seu ou que atuem em mercado ou setor similar ao seu. Dessa forma, a referência não se torna “perda de tempo” e cumpre seu papel: o de ajudar; não o de confundir.

Para ficar mais fácil, vamos a um exemplo. Digamos que você é uma economista que gerencia seu próprio negócio e possui forte interesse em comunicação, seja na forma tradicional ou digital.

Atualmente, está procurando uma oportunidade de expor seus conhecimentos em plataformas digitais. Específico, não? Enfim, uma referência possível é Ricardo Amorim, economista mais influente do Brasil (Forbes), empreendedor, apresentador do Manhattan Connection e LinkedIn Influencer.

Dicas para resumo do LinkedIn.

Perfil de Ricardo Amorim como um dos exemplos de resumo profissional no LinkedIn.

Como você percebeu na imagem acima, Amorim optou por um resumo objetivo, porém, atrativo. Isto é, ele listou suas principais conquistas profissionais e validou as informações com vídeos e textos.

Sem dúvidas, uma forma objetiva e segura de captar a atenção do público, uma vez que as pessoas consomem muito vídeo, a ponto do próprio LinkedIn habilitar a publicação nativa desse tipo de mídia em agosto de 2017.

Falando em atenção do público, essa é a nossa próxima dica para você compreender o que colocar no resumo do LinkedIn: defina um público-alvo.

Defina um público-alvo 

Sim, defina um público-alvo. Melhor dizendo, antes de sentar para escrever o resumo, se pergunte algo como: “para quem estou escrevendo isso?” e “motivado pelo quê?”. Se você conseguir responder essas duas perguntas, o processo ficará mais leve e o resultado, mais assertivo. Se pensar em publico-alvo ficou complicado, pense em definir um objetivo para o resumo do LinkedIn.

A Bia Granja, por exemplo, decidiu escrevê-lo em inglês, possivelmente porque ela deseja selar parcerias internacionais; na terceira pessoa, para torná-lo mais formal, e dentro de uma estrutura tradicional de texto para demonstrar sua proximidade com as palavras.

Se levarmos em consideração que ela é co-fundadora da YOUPIX, plataforma focada em discutir a cultura da internet, o resumo ficou perfeito, não é mesmo?

Dicas para resumo do LinkedIn.

Perfil de Bria Granja como um dos exemplos de resumo profissional no LinkedIn.

Utilize elementos gráficos 

Lembra do resumo do Ricardo Amorim? Pois bem, a utilização de bullet points e outros elementos gráficos pode fazer com que seu resumo se destaque em relação aos outros.

O Gustavo Caetano, LinkedIn InFluencer e CEO da Samba Tech, seguiu a lógica dos bullet points, mas ao invés da “bolinha”, colocou o símbolo de adição (+). E o resultado foi um resumo bem interativo e pragmático, parecido com o da Bia Granja de certo modo, já que ele também optou em escrever em inglês.

Dicas para resumo do LinkedIn.

Perfil de Gustavo Caetano como um dos exemplos de resumo profissional no LinkedIn.

Outro bom exemplo de uso de elementos gráficos é o resumo do Cristiano Santos, Especialista em LinkedIn e Consultor de Mídias Sociais e MKT Digital. Ele optou por um texto de estrutura normal, em primeira pessoa – possivelmente para evitar a impessoalidade – e com alguns elementos gráficos que servem para direcionar a leitura do usuário. Ele também apostou em aspas e hashtag.

Dicas para resumo do LinkedIn.

Perfil de Cristiano Santos como um dos exemplos de resumo profissional no LinkedIn.

Enfim, faça experimentos. Mas, lembre-se: esse tipo de recurso precisa ser muito bem administrado, caso contrário, você correrá o risco de deixar seu resumo poluído, gerando um efeito contrário ao que estamos buscando. Por último, insira mídias no resumo do LinkedIn.

Insira mídias 

Essa dica é tão importante que se este texto fosse em formato de lista, ela estaria ocupando a primeira opção. Como prova de sua importância, convido você a olhar novamente todos os exemplos de resumos utilizados acima e identificar se existe algum sem mídia. Spoiler: não existe. A real é que o espaço de mídias é tão interessante que todos utilizam.

Dicas para resumo do LinkedIn.

Dica mais importante: insira mídia no resumo do LinkedIn.

Portanto, além de um texto bacana, pense em mídias* (imagens, apresentações PowerPoint, documentos em PDF e vídeos) que podem ser compartilhadas no resumo do LinkedIn. Isto é, faça o upload de trabalhos que você desenvolveu, projetos que participou e até entrevistas cedidas. Tudo para enriquecer o seu perfil e se diferenciar de outros.

Como sabemos, estes são importantes elementos de comunicação, principalmente em se tratando de marketing nas mídias sociais. Portanto, essas informações “complementares” não podem ficar de fora.

*Formatos e tamanhos de arquivo que podem ser utilizados para carregar conteúdo no seu perfil.

Como altero o resumo do LinkedIn?

Para colocar em prática as quatro dicas mencionadas ao longo do texto, siga o passo a passo abaixo:

  1. Clique no ícone “Eu” no topo da página inicial do LinkedIn;
  2. Clique em “Visualizar perfil”;
  3. Clique no “Editar” em seu cartão de apresentação;
  4. No “Editar”, preencha suas informações no campo “Resumo”;
  5. Clique em “Salvar”.

Agora que você aprimorou as informações do seu cartão de apresentação no LinkedIn, chegou o momento de aprofundar seus conhecimentos na produção de conteúdo. Principalmente daqueles que chamam a atenção de qualquer um. Portanto, leia o texto 5 dicas para ter um conteúdo relevante no LinkedIn. E continue conosco aqui no Vivo Tech.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
LinkedInRedes Sociais
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email