Compartilhar senha de streaming pode estar com os dias contados

Empresa britânica desenvolve software que identifica quem costuma compartilhar senha de serviços de streaming. Entenda como funciona!

11/02/2019 às 17:00

Compartilhar senha de streaming costuma ser algo recorrente entre amigos e familiares. No entanto, esse hábito pode estar com os dias contados. A empresa de informática Synamedia, com sede em Londres, desenvolveu uma tecnologia capaz de detectar e bloquear usuários que dividem os dados de acesso com terceiros.

Apresentado na conferência Consumer Electronics Show (CES) 2019, maior feira de tecnologia do mundo, o software que localiza os compartilhamentos foi desenvolvido com base em conceitos de Inteligência Artificial.

compartilhar senha de serviços de streaming agora pode ser identificado com software.

Compartilhar senha pode estar com os dias contados depois de um software criado por uma empresa de Londres.

A partir de algoritmos, a ferramenta consegue avaliar o comportamento de várias contas ao mesmo tempo. Com esse cruzamento de dados, encontra atitudes fora do padrão. A solução foi batizada de Credentials Sharing Insight.

Dependendo do plano contratado junto à Netflix, o usuário tem direito a acessos diferentes. Contudo, caso não contrate esse serviço adicional, compartilhar a senha com outras pessoas infringe os termos de uso da companhia.

Compartilhar senha: análise detalhada

O software da Synamedia promete oferecer análises bem detalhadas. Segundo a empresa, a tecnologia será capaz de verificar se o acesso do usuário vem da sua residência ou então de outro local, como uma casa na qual está passando férias, por exemplo. Também conseguirá verificar se a senha foi compartilhada com pessoas que moram nas redondezas.

Compartilhar senha pode ser detectado com uso de software.

O software levanta dados e produz relatórios que mostram quem está compartilhando seus acessos com mais pessoas.

O comportamento também será avaliado para detectar possíveis problemas. O sistema irá verificar os horários, os temas dos programas que costuma ver, as indicações de faixa etária, a frequência e por aí vai. O objetivo é reunir todas essas informações para fazer um cruzamento e, assim, detectar indícios.

Quem mais compartilha

Ainda durante a apresentação no CES 2019, a Synamedia afirmou que o grupo responsável pelo hábito de compartilhar as senhas com maior frequência é a Geração Y. De acordo com a companhia, eles representam 26% do total.

Jean-Marc Racine, diretor de produtos da empresa, disse ainda na ocasião que esse hábito pode ser bastante nocivo para as empresas. De acordo com ele, o software foi desenvolvido exatamente para resolver esse problema e evitar prejuízos. O objetivo é detectar o problema e sugerir que os clientes façam um upgrade da conta, garantindo mais acessos legais ao serviço de streaming.

Compartilhar senha de Netflix e outras empresas pode ser identificado com software.

Empresas de streaming, como a Netflix, podem se beneficiar do serviço.

Além do compartilhamento entre amigos, há pessoas que comercializam ilegalmente esse tipo de dado. Portanto, a ideia também é acabar com essa revenda de acessos.

Ainda em fase de testes, a expectativa é que a solução seja oferecida em breve para grandes empresas do setor de streaming, como Spotify, Amazon Prime e HBO Go. No entanto, a Netflix aparece como principal alvo dos executivos.

Como irá funcionar

Trata-se de uma tecnologia e não de um serviço exclusivo realizado por alguma empresa. Sendo assim, qualquer um pode contratar o software para verificar a quantidade de compartilhamentos de senhas. A partir de IA, será possível produzir relatórios bastante detalhados para identificar quais usuários estão dividindo seus acessos sem autorização.

Compartilhar senha pode ser rastreado com uso de IA.

Inteligência Artificial irá oferecer a base para a produção de relatórios do software da companhia.

A tecnologia detecta comportamentos estranhos, fora do comum, e reporta. Em seguida, a própria empresa de streaming irá tomar as medidas que julgar mais adequadas. Um bom caminho é evitar esse tipo de problema!

E então, o que você achou da novidade da Synamedia? Vamos ficar de olho nos avanços dessa tecnologia para te mostrar todas as atualizações! Aliás, recentemente falamos aqui sobre a parceria entre a Netflix e a Vivo TV (clique aqui para ler tudo!).

Aproveite para saber mais também sobre dois serviços de streaming muito úteis no dia a dia: Amazon Prime Video e o Spotify Premium. E, como sempre, continue navegando pelo Vivo Tech para mais conteúdos que misturam praticidade e tecnologia!

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email