Como o iPad Pro pode substituir o notebook

Com a introdução do iOS 11 e dos acessórios apropriados, o dispositivo poderá vencer soberania do notebook.

No que diz respeito aos aparelhos eletrônicos, 2017 é o ano da categoria de produtos notebook e tablet 2 em 1. A Apple continua como a única fabricante que ainda não lançou um competidor para essa categoria, mas com a introdução do iOS 11 e combinado com os acessórios apropriados, o iPad Pro pode ser o número 1.

Obtenha o software – atualize para iOS 11

Uma das principais alterações em relação à forma com os dispositivos Apple funcionam no iOS 11 é a adição do aplicativo Files. Pela primeira vez, inclui um sistema de arquivos que é essencial para a produtividade. O aplicativo está integrado no iCloud, o que significa que as pastas podem criar backups e manter constantemente os arquivos atualizados.

As multitarefas – outra funcionalidade crucial para um fluxo produtivo de trabalho – foram redesenhadas no iOS 11. A Apple introduziu uma “doca” de aplicativos no fundo da tela que é acessível até mesmo durante a visualização do aplicativo em tela cheia. Ter vários aplicativos lado a lado também ajuda os usuários a fazerem mais coisas com menos toques.

Por fim, a Apple incluiu a capacidade de arrastar e largar entre uma aplicação e outra. Esse recurso completa a lista de requisitos básicos de software para transformar o iPad em um computador de produtividade totalmente funcional.

Está utilizando um iPad de 4ª geração ou anterior? Infelizmente você não conseguirá atualizar. Para dispositivos iPad compatíveis com o iOS 11, visite a nossa loja.

Obtenha o hardware – essencial para a produtividade

Com o assunto do software já resolvido, todos os usuários necessitam acessórios apropriados para fazer com que o iPad se torne uma máquina de produtividade. Aquilo que é necessário para transformar o tablet da Apple em um substituto pleno para um notebook é um teclado fixo e físico. Ser capaz de operar o iPad de uma forma conveniente quando ele é colocado na mesa é o mínimo para garantir uma produtividade adequada. Além disso, uma bateria com maior duração e uma caneta de toque de elevada precisão podem melhorar ainda mais a usabilidade.

Escolher o teclado certo é decisivo para cobrir o intervalo entre o iPad e a categoria de notebooks altamente portáteis. A maioria dos teclados modernos também se desdobram em um estojo de segurança e suporte para manter o iPad na vertical. A Apple faculta o seu próprio hardware denominado Smart Keyboard, mas existem também outras opções.

Fazer modificações levando em conta a produtividade significa, muitas vezes, minimizar a utilização do touch no iPad. Contudo, muitas tarefas podem ser feitas ao tocar na tela. Para fazer com que essa interação seja mais rápida, tranquila e mais eficiente, a Apple aprovou a utilização de canetas. Esses dispositivos, que possuem o formato de uma caneta, permitem que o usuário toque na tela sem utilizar os seus dedos. Além de aumentar a velocidade e precisão, utilizar a caneta significa também que os usuários não deixarão suas impressões digitais na tela. Isso é algo pequeno mas prático para trabalhar.

Por fim, os usuários que ambicionam utilizar o iPad como o seu principal dispositivo precisam considerar prolongar o tempo que ele dura sem precisar ser carregado. Estão disponíveis conjuntos de baterias que podem facultar até o dobro do tempo de utilização com apenas um carregamento.


Fonte: Qelp


Veja mais sobre