Celulares 2019: confira o que vem por aí

A principal novidade entre os celulares 2019 está em telas maiores, flexíveis e dobráveis.

14/01/2019 às 14:00

Hoje em dia quase todo mundo tem um celular. Por isso, os consumidores estão ficando cada vez mais exigentes. De acordo com dados de pesquisas norte-americanas, atualmente as pessoas trocam seus smartphones a cada 22 meses. Os fabricantes sabem da exigência e seus departamentos de desenvolvimento correm atrás de novidades. A proposta é, portanto, de que os celulares 2019 sejam realmente inéditos, uma verdadeira revolução.

Mas por que isso? O caso da Apple é sintomático. Atualmente, ela enfrenta problemas com queda nas vendas na China. Com isso, passou de maior empresa do mundo (com valor de mercado acima de US$ 1 trilhão, ou R$ 3,8 trilhões) para a número 3. O preço das ações baixou e a Apple vale agora pouco mais de US$ 700 bilhões (R$ 2,6 trilhões). Tanto a Amazon quanto a Microsoft, que não fabricam celulares, estão à sua frente. Então, dá para ver que a reinvenção do celular é mesmo fundamental.

E, afinal, como será a revolução?

Muita gente apostava no 5G, a nova tecnologia de transmissão de dados, até 100 vezes mais veloz que o atual 4G. Contudo, o 5G ainda não é para os celulares 2019, porque existem problemas técnicos. Um deles: as antenas embutidas nos smartphones precisam ser maiores e mais pesadas do que as antenas exigidas pelo 4G. E isso então deixaria os telefones maiores, mais pesados e mais feios. O sempre adiado 5G fica para o futuro, não para os celulares 2019.

Celulares 2019 dobráveis

Contudo, ninguém duvida de que os dobráveis chegam ao mercado em 2019. E eles realmente podem ser a revolução que os fabricantes querem. Os dobráveis levarão as telas dos smartphones a tamanhos nunca imagináveis, mais de 7 polegadas.

Afinal, isso é o tamanho de um tablet. E nenhum celular chega lá porque não seria possível segurá-lo e operá-lo com uma só mão. O dobrável, afinal, muda tudo. Dobrado, com a tela pequena, de 4 ou 4,5 polegadas, o celular desse tipo permite uso com uma mão. Aberto, é só apoiá-lo e ter uma tela gigante.

Os celulares 2019 dobráveis deverão ter novas versões de software Android (e eventualmente também do iOS). E dessa maneira os celulares 2019 poderão assumir funções que eram de tablets, transformando-se em máquinas mais completas.

Quem vai apostar nos dobráveis? A mais falada é a Samsung, que ainda faz segredo. Entretanto, ela se pronunciou anunciando o lançamento de seu modelo ainda no primeiro semestre. Nenhuma imagem foi divulgada. E na CES (Consumer Electronic Show), em Las Vegas, só alguns felizardos foram convidados para ver protótipos.

Como será o celular 2019 da Samsung? Estas duas imagens dão pistas para você:

Celulares 2019 prometem novas tecnologias.

Dentre os celulares 2019, está o Samsung fechado, com a tela pequena e bem grosso.

Celulares 2019 prometem novas tecnologias.

E, nessa imagem, está o Samsung aberto, com a tela grande e com metade da espessura.

Quer saber mais sobre o celular dobrável da Samsung? Então, clique aqui!

Uau! E com câmeras triplas também!

A tela flexível será, portanto, produzida com tecnologia da própria Samsung. E o resto, aliás, é especulação. Dizem que o processador será o Qualcomm Snapdragon 855 e que a bateria terá 6.000 mAh, grande o suficiente para a tela gigante. Além disso, as câmeras seriam triplas, como no ainda não lançado Galaxy S10, outro dos promissores celulares 2019.

Motorola pode ir na mesma onda

E que outras marcas vão surfar na onda do celular dobrável? Há tempos circulam boatos sobre um dobrável da Motorola. Nada se sabe, embora haja especulações sobre uma espécie de réplica modernizada do famoso Moto Razr, ícone lançado em 2004 que vendeu mais de 100 milhões de unidades, mas não teria tela grande.

Entretanto, a Motorola teria pedido patente de um modelo dobrável similar ao da Samsung. Esse seria realmente um modelo novo e o conceito seria assim:

Celulares 2019 da Motorola com novo visual e aspecto.

O smartphone dobrável da Motorola poderá ter essa aparência.

Huawei e Apple igualmente na briga

Além disso, Huawei e Apple igualmente estão pretendendo entrar na disputa. E o curioso é que duas empresas tão diferentes estejam eventualmente com projetos muito parecidos. Confira como seriam, em visões conceituais, os dobráveis da companhia chinesa e da norte-americana:

Celulares 2019 apostam em conceito dobrável.

Concepção artística do celular 2019 dobrável da Huawei.

Apple aposta em inovação de celulares 2019 dobráveis.

Concepção artística do celular dobrável da Apple.

Os dois não são surpreendentemente parecidos? A Apple solicitou patentes para “dispositivos eletrônicos com telas flexíveis”. E embora haja conjecturas sobre qual modelo seria o escolhido como base para a nova linha (iPhone XS ou iPhone XR), o mais provável é que seja algo inteiramente novo. Contudo, os analistas da Apple calculam que o dobrável só sai em 2020 (e aí talvez já com 5G). Não estará, dessa maneira, dentre os celulares 2019.

Telas que são alto-falantes

Outra novidade menor que deve surgir em celulares 2019 são as telas emissoras de som. Elas próprias são os alto-falantes. Bem legal, não é mesmo? E ainda mais uma mudança: a substituição dos entalhes na parte superior das telas, conhecidas como notches, por pequenos círculos. Além disso, vários smartphones serão lançados com câmeras de 48 MP, algo impensável há poucos anos.

LG com ideias muito próprias

Entretanto, a coreana LG pode estar preparando a sua própria revolução. Exclusiva, inédita e, além disso, certamente capaz de motivar vendas. Que tal esta: um celular que não é dobrável, mas expansível?

Em resumo, um celular que tenha o tamanho que você necessitar em cada momento. Em princípio, ele seria composto por duas hastes, tendo ao centro uma tela fina e flexível, que abre em um movimento de sanfona.

Completamente aberto, o telefone teria, então, uma tela de 7 polegadas. Fechado, seria bem pequeno e confortável para transportar. Dessa forma, ele poderia rodar até três aplicativos simultaneamente. Veja o desenho do site holandês Let’s Go Digital do que seria o pedido de patente da LG:

Celulares 2019 da LG com inovação flexível.

Especulações sobre celulares 2019 são de que a LG fará uma revolução com seu flexível.

O aparelho teria ainda outra inovação inédita: câmera capaz de fotografar em 3D. Na página do Let’s Go Digital, existem outros desenhos do mesmo projeto.

Marca pequena larga na frente

Todavia, todas as grandes fabricantes começam 2019 correndo atrás de uma bem pequena. É a chinesa Royole, que já lançou seu celular com tela dobrável em alguns mercados. O aparelho se chama FlexPai e está à venda nos EUA por cerca de R$ 5 mil.

Quem testou diz que o aparelho é meio desajeitado e muito grosso quando dobrado. E que o sistema Android 9.0 Pie, que o integra, não se adaptou bem às mudanças no tamanho da tela. Mas é um início e a Royole largou na frente dentre os celulares 2019 com sua invenção!

Celulares 2019 com inovação dobrável está no mercado lançado pela Royole.

FlexPai, da pequena fabricante chinesa Royole, é o primeiro dobrável do mercado de celulares 2019.

Contudo, é preciso ter paciência até ver esses celulares 2019 nas lojas. Aliás, até porque um ou outro talvez nem se transforme em realidade. Empresas como Samsung, Apple ou LG trabalham simultaneamente no desenvolvimento de várias ideias. E qualquer uma pode ser abandonada se a viabilidade técnica ou financeira for problemática.

Assim, vamos ficar todos de olho nos celulares 2019 – nós do Vivo Tech e você que nos segue. Enquanto isso, quer saber quais foram os celulares mais pesquisados no Google em 2018? Ou ainda escolher um aparelho em nossa ótima lista de celulares bons e baratos? Divirta-se!

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
Tecnologiatelefonia móvel
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email