Black Friday 2019: como garantir suas compras online?

Alguns cuidados são necessários para fazer compras no mercado virtual com segurança durante a Black Friday 2019.

06/11/2019 às 14:00

A Black Friday 2019 será no dia 29 de novembro. Entretanto, é bastante comum que as lojas, tanto físicas quanto virtuais, já comecem com as ofertas bem antes dessa data. A Black Friday é considerada um momento importante no calendário para a aquisição de grande variedade de produtos com bons descontos. Porém, é preciso se assegurar para não entrar em furadas. E ,abaixo, mostramos alguns cuidados.

Se o seu plano for de fazer compras em lojas físicas na Black Friday 2019, é bem possível que enfrente filas. Por outro lado, se sua opção for comprar na no e-commerce, é necessário ter cuidados com a segurança da negociação.

Neste ano, Black Friday cai em 29 de novembro.

Atenção a ofertas enganosas na Black Friday 2019

Primeiramente, você precisa saber se a loja virtual escolhida é confiável. Embora o e-commerce cresça sem parar no país e no mundo, e a maioria das lojas eletrônicas sejam confiáveis, ainda existem golpistas em atuação. E, em um evento como a Black Friday 2019, esses sites podem gerar ofertas atraentes. Contudo, enganosas, deixando o comprador na mão.

Entre as lojas com maior destaque no Brasil temos Magazine Luiza, Americanas, Submarino, Casas Bahia, entre outros. Já nos sites internacionais, os mais importantes são Amazon (que tem loja também no Brasil), eBay, AliExpress e Wish, entre outros.

Lista Negra do Procon

Mas é possível que você acabe em um site do qual nunca ouviu falar. Em resumo, como descobrir se ele é seguro e vai entregar o que vende? Você pode tomar algumas precauções. A primeira delas é consultar a lista negra do Procon. É bem extensa, começou a ser feita em 2014 e reúne muitos sites que devem ser evitados – alguns já estão até fora do ar, no entanto permanecem na lista.

Ok, então a loja onde tem o produto que você quer não está na lista do Procon. Isso é bom, mas não garante a segurança da transação. Confira igualmente se o site é seguro. Para isso, é indispensável que ele mostre o cadeado antes do endereço, conforme a imagem abaixo:

Black Friday 2019: veja como comprar de maneira segura.
Ícone do cadeado garante que o site é seguro.

Procure pelo cadeado

Se você clicar sobre o cadeado poderá ver as informações de privacidade do site. Assim, somente faça compras em sites que exibem esse cadeado.

Entretanto, a segurança do site, por si só, não é garantia de um bom negócio para você. É preciso ainda verificar a idoneidade do vendedor. Assim, comece rolando a página até a sua base.

Black Friday 2019: veja como comprar de maneira segura.
Sites confiáveis oferecem muitas informações no pé da página.

Leia o que está escrito no rodapé

Todas as lojas virtuais de qualidade devem ter no rodapé várias informações sobre privacidade, segurança, contatos, trocas e devoluções, formas de pagamento. E ainda um “Sobre” a própria empresa. Além disso, é indispensável que constem a razão social da empresa, seu endereço e CNPJ. Se não constar o CNPJ, desista da compra.

Igualmente desista se não gostar da política de trocas e devoluções, ou se os canais de contato não forem eficazes. Por exemplo, é indispensável um número de telefone nos canais de atendimento.

Confira no Reclame Aqui

A loja virtual atendeu esses requisitos? Está começando a ficar legal, mas ainda há mais uma verificação importante. Em resumo, coloque o nome de sua loja no Reclame Aqui. Você receberá uma nota e o percentual de reclamações que a loja resolve.

A partir daí, tire sua conclusão. É importante conferir o percentual de reclamações respondidas, o índice de solução de problemas e se os clientes voltariam a fazer negócio com aquela loja virtual. Como um exemplo, veja as avaliações do Magazine Luiza no Reclame Aqui:

Black Friday 2019: veja como comprar online.
Avaliação do Magazine Luiza no Reclame Aqui é positiva.

Em busca de malwares

Aliás, se na Black Friday 2019 você for comprar no Mercado Livre, preste atenção em outro detalhe: a avaliação do vendedor específico que tem o produto que você deseja. O Mercado Livre não é uma loja convencional, ele reúne um grande grupo de vendedores autônomos. Assim, alguns são bons, outros podem não ser.

Afinal, se você é daqueles que fazem questão de conferir tudo, é possível tomar ainda mais um cuidado. O Google tem uma ferramenta chamada Google Transparency Report, que verifica se determinado site tem algum tipo de malware. Então, como última medida, cole o endereço da loja virtual aqui.

Portanto, tome essas precauções e garanta uma compra segura e o recebimento de sua mercadoria.

Desconfie!

Além de tudo o que já falamos, não acredite em ofertas mirabolantes, em preços a 10% ou 20% do valor real do produto. Na verdade, se parecer bom demais para ser verdade, muito provavelmente é fraude.

Aliás, comércio virtual é tema frequente aqui no Vivo Guru Blog. Leia sobre como rastrear suas compras e ainda sobre como economizar em compras online. Além disso, temos um artigo comparando compras online e em lojas físicas.

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
internetUtilidades
campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email