Aplicativos de saúde precisam de regulamentação ou são confiáveis?

Até que ponto os apps de saúde são confiáveis? Quais são os mais indicados e até que ponto eles devem regrar as nossas vidas?

06/12/2018 às 14:00

Vivemos uma rotina muito intensa, onde é normal não ter tempo de prestar atenção à nossa própria saúde. Essa afirmativa é verdadeira para você? Se sim, é provável que você faça uso, ou pense em fazer, de aplicativos de saúde, certo?

Os apps de saúde são ferramentas muito práticas para monitorar nossa saúde de maneira simples, na palma da mão. Com eles, você pode regular seus hábitos alimentares, seu sono, suas atividades físicas e até monitorar batimentos cardíacos.

Você usa aplicativos de saúde?

Você usa apps de saúde?

No entanto, toda essa tecnologia deve ser vista com parcimônia. Afinal, até que ponto os aplicativos de saúde são totalmente confiáveis? Entre os contras de ceder seus dados a sistemas desconhecidos, além das implicações em se ficar conectado por muito tempo por conta dos apps, os riscos são consideráveis.

Pensando nisso, trazemos a seguir alguns pontos sobre a confiabilidade dos aplicativos de saúde. Além disso, listamos três apps que ajudam você a manter sua saúde em dia de maneira segura. Vamos lá?

É certo confiar apenas em aplicativos de saúde?

Confiar em aplicativos de saúde pode ter alguns poréns a se considerar. Em primeiro lugar, é ótimo saber que um app no seu celular tem as informações que podem salvar a sua vida. No entanto, não se pode negar o perigo de ter essas informações vulneráveis em caso de ataques hackers ou vazamento de dados.

Segundo estudo publicado esse ano pela revista científica JAMA, aplicativos de saúde não costumam ter política de privacidade ou, se as tem, são pouco transparentes. Desse modo, é comum que seus usuários tenham seus dados vazados para anunciantes e outras bases de dados. Isso sem consentimento e sem sequer que os usuários tenham conhecimento disso.

Nesse cenário, os EUA já buscam algum posicionamento. Por lá, a agência reguladora de medicamentos, FDA, busca regulamentar apps de saúde. Principalmente os de diagnóstico, cura, tratamento e prevenção de doenças ou que interfiram na estrutura ou funcionamento do corpo.

Enquanto isso, no Brasil, ainda não existe regulamentação específica para aplicativos de saúde. Desse modo, fica a critério dos usuários o bom senso para usar com sabedoria esses aplicativos. Seja atentando para os termos de uso, seja não fazendo dessas ferramentas um substituto definitivo da orientação médica presencial.

Principais apps de saúde

A oferta de aplicativos de saúde no mercado de app é gigantesca. Entre os que cuidam dos seus hábitos alimentares até os que podem monitorar seus batimentos cardíacos, as opções são incontáveis. A seguir, trazemos três opções consagradas entre os apps de saúde, para você levar em consideração.

iCare

O iCare funciona como um verificador de saúde. Disponível somente para Android, apenas com o toque do seu dedo é possível fazer medições de frequência cardíaca, pressão sanguínea e nível de lipídios. Além disso, possui testes de audição e de visão.

Você usa aplicativos de saúde?

Teste audição e visão com o iCare.

O aplicativo não exige nenhum periférico, como pulseira ou relógio. Sua medição é feita pelo próprio celular, de maneira rápida e simples. Como orientação, o app avisa que não se trata de uma ferramenta médica. O iCare, como avisam seus desenvolvedores, é um aplicativo apenas para uso fitness. Saiba mais na Google Play.

Veja ainda como a Inteligência Artificial atua na medicina.

Runkeeper

O RunKeeper é um dos apps mais completos de corrida e caminhada, além de ter um design super leve e clean. Com versão para Android e iOS, também está disponível no Apple Watch.

Você usa aplicativos de saúde?

Um app de corrida completo, esse é o Runkeeper.

Gratuito, o app rastreia a corrida e a velocidade do exercício. Mas ele vai além disso, ao ajudar o usuário a traçar uma meta com base em seus objetivos e tipo físico. Assim, mantém você focado e motivado, com metas reais, adequadas para você. Visite o site do Runkeeper.

Sleep Cycle Alarm Clock

O Sleep Cycle Alarm Clock acredita que acordar com facilidade tem a ver com qualidade do sono que você dorme. Por isso, o aplicativo ajuda você a encontrar o padrão para o seu descanso noturno. Ele monitora seu sono e estabelece o melhor horário para o seu despertar.

Você usa aplicativos de saúde?

Seu ciclo do sono muito melhor aproveitado com o Sleep Cycle Alarm Clock.

Disponível para Android e iPhone, o SCAC estuda o seu sono e ajuda você a despertar de maneira mais calma. Assim, você pode iniciar o seu dia de uma maneira muito mais confortável. Conheça o Sleep Cycle Alarm Clock.

Apps para anticoncepcional. Como usar?

Conclusão

Aplicativos de saúde são úteis em muitos momentos. Seja para monitorar seus índices corporais ou para auxiliar naquela dieta de última hora. No entanto, mesmo os apps de saúde não estão a salvo de serem usados de maneira que pode ser prejudicial.

Sendo assim, é importante ter atenção ao usar seus aplicativos de saúde. Assim, você terá o melhor deles para a sua vida, sem com isso correr riscos.

Gostou da notícia?

campo obrigátório

Cadastro efetuado com sucesso!

Em breve você receberá o melhor da tecnologia no seu email