Acompanhe aqui as novidades da WWDC18, da Apple

Apple apresenta as principais novidades em uma conferência que vai de 4 a 8 de junho nos EUA

04/06/2018 às 15:03

Profissionais de 77 países estiveram em São José (Califórnia), na segunda (4/06), para a abertura da WWDC18, conferência da Apple para seus desenvolvedores. E ficaram satisfeitos com as notícias apresentadas por Tim Cook, o CEO (Chief Executive Officer) da Apple. A App Store, em seus dez anos, disse Cook, tornou-se a maior do gênero do planeta. São 500 milhões de visitantes por semana à loja virtual. Os desenvolvedores já faturaram mais de US$ 100 bilhões – cerca de R$ 370 bilhões – com seus apps, desde 2008. Foram muitos aplausos e sorrisos, obviamente. Mas mais satisfeitos ainda todos devem ter ficado com o festival de novidades que se seguiu. Saiba quais foram as principais!

WWDC18 começou nos EUA com muitas novidades

Mais velocidade no iOS 12

O esperado iOS 12, nova versão do sistema operacional para iPhone e iPad, não foi lançado mas teve muitas revelações. Será compatível com o atual iOS 11.3, carregado em 81% dos aparelhos no mundo, com aprovação de 95% dos usuários. Além da compatibilidade, veja outras novidades da Apple para o iOS 12:

  • Carregará arquivos 40% mais rápido;
  • Seu teclado será 50% mais veloz;
  • A câmera vai abrir 70% mais rapidamente;
  • Facilitará o uso da tecnologia da realidade aumentada.

 

                Apresentação iOS 12 foi o grande destaque do dia

App de fotos mais completo

No iOS 12, o aplicativo Fotos vai ter uma busca mais sofisticada. Serão oferecidas propostas automatizadas de busca, como “meu pai e minha mãe”. E o Fotos também permitirá buscas com múltiplos termos. “Gato dormindo”, por exemplo. Também haverá uma nova aba “For You” (Para você), com sugestões de efeitos e de compartilhamento para as imagens. Bem interessante: quando o sistema identifica alguém em uma foto, o app recomendará que você a compartilhe com aquela pessoa.

Siri, ainda mais esperta

A Siri, assistente virtual da Apple, fica cada vez mais inteligente. Ela ganhou uma função chamada Shortcuts (Atalhos), aplicável a qualquer app do iOS. Os apps deverão ganhar um botão para Adicionar à Siri, personalizável pelo usuário. O usuário poderá enviar sugestões para a Siri até com a tela bloqueada. Ela vai aprendendo e poderá se antecipar a pedidos frequentes, sugerindo coisas como pedir um lanche pelo iPhone.

Não perturbe, por favor

Se você é incomodado pelos alertas de notificações durante a madrugada, vai gostar desta novidade bacana. Os iPhones com o iOS 12 terão o modo Do Not Disturb, ou Não Perturbe. Quando você o acionar, todas as mensagens e notificações serão silenciadas enquanto você dorme. As notificações continuam sendo recebidas como sempre, mas não haverá qualquer som de alerta. Ao acordar, um toque no telefone dá novamente vida a tudo. Mais: notificações sobre um mesmo tema serão agrupadas, apenas uma será mostrada indicando que existem outras.

Seu tempo conectado

Outra funcionalidade para iPhones com iOS 12 será o Screen Time, que mostrará o tempo de uso a cada dia. A medição é de tempo total e tempo em cada app. E você poderá programar um limite para cada um, dentro do que acha razoável, evitando excessos. O celular emitirá um alerta quando um limite estiver sendo alcançado. A função também é boa para controlar o uso do celular por crianças.

O avanço do Apple Watch

Os Apple Watches são máquinas excelentes, adoradas por seus usuários e líderes de mercado entre os smart watches. E agora eles vão melhorar ainda mais, com ótimas funções novas. Está saindo um novo sistema operacional para os relógios, que faz coisas como detectar automaticamente o início de um exercício. E ainda perguntar “parece que você está correndo?” Se você confirmar, o Apple Watch começa o monitoramento.

Apple Watch também tem novidades

Também será possível desafiar seus amigos para competições de exercícios e boa forma de até sete dias. O smart watch acompanha tudo, capta dados em tempo real dos competidores, informa diariamente quem está ganhando e o resultado final.

O público na convenção gostou muito de uma outra novidade dos relógios. É a função walkie talkie. Sim, como os antigos rádio comunicadores. É só enviar um convite a outra pessoa com o relógio e, quando for aceito, conversar pelo smart watch. Uma versão século 21 das velhas histórias em quadrinhos do detetive Dick Tracy, personagem criado em 1931.

Também será possível ouvir podcasts pelo Apple Watch, sem precisar de um iPhone ou iPad. E os atalhos irão funcionar neles.

Melhor som na Apple TV

O Apple TV, que transmite conteúdos de celulares, notebooks ou tablets para televisores, aumenta sua fatia de mercado em 50% por ano. O dispositivo já oferece a maior quantidade de filmes em 4K e HDR. E, de agora em diante, terá tecnologia ATMOS, da Dolby, para um áudio superior e capaz de preencher o ambiente. O gadget Apple TV é o único dispositivo certificado pela Dolby.

Novo OS para o Mac

E o Mac? Ele vai ganhar um novo sistema operacional MacOs, que terá o nome de Mojave. É a primeira de uma série de novidades que inclui a chegada do Dark Mode (modo escuro) aos Macs. O DarkMode permitirá uma navegação mais confortável à noite.

Também serão disponibilizados os chamados Desktop Stacks (Pilhas no Computador) para Mac. Eles agruparão arquivos semelhantes sob um só ícone, para deixar a página inicial mais limpa e organizada. Capturas de tela ficarão mais fáceis e apps antes só disponíveis para os iPhones passarão a ser oferecidos para o computador.

Realidade aumentada

Falamos no início do texto que o novo iOS 12 facilitará o uso da tecnologia da realidade aumentada. Bem, novidades específicas sobre realidade aumentadas na conferência da Apple também foram muitas e profundas. Isso pôde ser constatado no lançamento do ARKit 2, que estenderá experiências de realidade aumentada para grupos, em múltiplos iPhones. O ARKit, um kit de realidade aumentada, se constitui em uma plataforma especial para desenvolvedores. Com o ARKit 2, os desenvolvedores poderão inspecionar juntos ambientes externos e internos, e de forma muito imersiva.

Realidade aumentada é uma das apostas da Apple

O ARKit 2 inclui ainda uma ferramenta para medir volumes com precisão. E também: melhorias na detecção de rostos, identificação de objetos em 3D e renderização mais sofisticada. Para lembrar: renderização, termo muito usado em computação, significa converter uma série de símbolos gráficos em um arquivo visual. Ou seja: traduzir de uma linguagem para outra.

Serão grandes avanços tecnológicos em pouco tempo, já que a versão original do ARKit é de setembro de 2017. Se você quiser se aprofundar, vale a pena dar uma olhada neste artigo do site Macworld (em inglês).

E foi isso o que de mais importante pintou no primeiro dia. O que virá nos restantes? A expectativa é grande, até porque há a possibilidade de anúncio de um novo iPhone. E a última grande questão: quando todas essas novidades estarão à disposição dos usuários? Para desenvolvedores, versões beta já estão disponíveis. Os pacotes para o mercado, incluindo lançamento do iOS 12, estão previstos para final de setembro a final de dezembro.

Conheça os 10 apps premiados na WWDC 18, da Apple

A Apple anunciou ainda os vencedores do Apple Awards Design, para desenvolvedores de apps considerados excelentes pela empresa. Os aplicativos demonstram as capacidades da plataforma com funcionalidades que realmente deixam muito legal a experiência dos usuários. E o melhor: se você tiver Mac, iPhone ou iPad, já pode ir à App Store e baixar os apps. São todos muito bons e interessantes, tanto que foram escolhidos entre milhões disponíveis na loja virtual da Apple.

Quer saber quais foram os grandes vencedores? Vamos lá:

1 – Agenda, da Holanda

Feito por desenvolvedores holandeses, o programa chamado simplesmente Agenda é uma nova maneira de tomar notas no Mac. Trata-se uma ferramenta focada em datas para planejamento e documentação de projetos. Ele dá uma visão completa do passado, presente e futuro de qualquer projeto. 

2 – Bandimal, da Finlândia

É uma maravilha: um app para ensinar crianças a compor músicas de modo divertido e intuitivo. Tudo com animais em forma de desenhos animados para mudar de instrumentos escrever melodias, mudar ritmos e adicionar efeitos.

3 – Calzy 3, da Índia

Desenvolvedores indianos criaram a ótima Calzy 3, calculadora que guarda todos os seus cálculos na memória para referências futuras. E tem muitas outras funções, como pronunciar o resultado de um cálculo em 65 idiomas diferentes. 

4 – iTranslate Converse, da Áustria

O app para iPhone é o mais próximo que um desenvolvedor chegou até agora na busca por um tradutor universal. É só falar para o seu celular que ele responderá com a tradução em nada menos que 38 idiomas. Mais: o app detecta de forma automática a tradução entre duas delas. Os resultados são bons e o app funciona até em ambientes barulhentos. O iPhone vira um tradutor que produz conversações naturais em outras línguas que não a sua. 

5 – Triton Sponge, dos Estados Unidos

Feito pela Gauss Surgical, empresa de produtos médicos, o Triton Sponge integra um conjunto de apps para salas de cirurgias. Esse especificamente destina-se a medir a perda de sangue durante uma operação. Ele é único e calcula o sangue nas esponjas usadas para sua sucção. Não é novo no mercado, mas só agora ganhou o reconhecimento da Apple.

6 –  Florence, da Austrália

São desenvolvedores australianos os criadores de Florence, uma pequena maravilha. O app é um livro de histórias interativo sobre emoções, altos e baixos em seu primeiro grande amor. Florence se sente presa e entediada em seus dias compostos apenas por trabalho, sono e redes sociais. Aí ela conhece Krish e sua vida muda, bem como a percepção de si mesma e do mundo ao redor. São minijogos, em que os usuários sentem cada batida de coração da Florence em seu relacionamento. 

7 – Playdead’s INSIDE, da Dinamarca

Dos mesmos dinamarqueses que criaram Limbo, outro app de sucesso, PlayDead’s INSIDE segue a mesma linha de seu antecessor. É um jogo de quebra cabeças conectados, bem difíceis de decifrar. Grande trabalho de arte, ótimo jogo desafiador. O usuário entra e fica sempre com a sensação de querer mais – há quem o considere um pouco curto. O jogo é uma metáfora? Um comentário sobre a natureza frágil das conexões entre os humanos? Ou uma crítica à autoridade? Para descobrir testar – as primeiras fases são gratuitas.

8 – Alto’s Odyssey, do Canadá

É um jogo com um tema inesperado: sandboards (pranchas para dunas). E o mais estranho é que foi feito por desenvolvedores canadenses, de um país sem dunas. Mas é ótimo, com excelentes avaliações. Consiste em ir com Alto e amigos a um deserto majestoso, vasto e inexplorado, cruzando dunas, cânions e templos misteriosos. E tem mais: vinhedos, balões de ar quente, escalada de paredões de rocha. Aventura pura! 

9 – Frost, da Áustria

Numa lista de dez, o segundo austríaco. Frost é um jogo de fantasia com gráficos bonitos e detalhados. Você desenha caminhos para que os espíritos dos flocos de neve voltem a seus planetas de origem. Belas figuras surgem das luzes, trazendo equilíbrio a um mundo em constantes mutações e desvendando seus mistérios. São 50 níveis, progressivamente mais difíceis e exigentes. Boa diversão.  

10 – Oddmar, da Turquia

Mais um jogo belíssimo, desenvolvido por turcos. Oddmar luta com uma vida difícil em seu vilarejo sem nenhum reconhecimento no Valhala – o paraíso dos vikings. Os colegas vikings de Oddmar são melhores que ele, mas um dia ele tem a chance de provar seu valor. Porém tudo tem um preço. Essa é a história, que você percorre e joga num desenho animado. 

Os vencedores receberam o troféu Ada (Awards Design Winner), um cubo de alumínio sólido com um logo da Apple iluminado. E mais um rico conjunto de dispositivos da marca – Mac Pro, iPad Pro, iPhone X e iPod.

Ah, também saíram os ganhadores das bolsas de estudo da Apple para as áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Na lista, dois brasileiros: Leonardo Alves de Mello e Carolina Mandia. Seus apps respectivos Save the Trees! e Inspiring Women Stickers já estão na App Store.

 

App brasileiro ganha destaque na conferência

Estudantes brasileiros da Unicamp apresentaram o Coleciona, um app para a troca de figurinhas do Mundial da Rússia. Eles tiveram um destaque especial na WWDC 2018.

App permite a troca de figurinhas online

O grupo criou uma plataforma que permite trocar figurinhas repetidas. É uma grande rede social para encontrar aquele número que falta para preencher a coleção. O programa marca as figurinhas que o usuário tem e vai adicionando as novas que foram compradas. O usuário aproxima o celular da figurinha e a ferramenta já reconhece, simples assim!

Tudo é feito por um QR Code e, assim, os apaixonados por álbuns podem ter as suas coleções completas com mais facilidade.

 

 

Gostou da notícia?

Veja mais sobre
Appleconferênciawwdc18
Telefônica
Vivo. Patrocinadora Oficial da Seleção dos Brasileiros
Viva Tudo
172.30.0.74